Site usa foto de ‘brasileira’ para ilustrar matéria sobre sexo casual

site-usa-foto-de-‘brasileira’-para-ilustrar-materia-sobre-sexo-casual

Em matéria de site Daily Star, ‘brasileira’ aparece na cama com ‘inglês’Reprodução

O sexo casual é considerado crime no Catar, país-sede da próxima Copa do Mundo, podendo levar os envolvidos a uma condenação a sete anos de prisão. O jornal Daily Star, da Inglaterra, no entanto, utilizou a camisa do Brasil para ilustrar uma matéria sobre o fato.

Segundo a publicação, autoridades inglesas estão preocupadas com as restrições impostas no país aos que cometerem atos comuns em outros torneios, mas que são vetados pelos costumes do país.

Na capa da matéria, há uma montagem de uma mulher com a camisa da seleção Brasileira deitada em uma cama com um torcedor da Inglaterra. A imagem causou polêmica.

“O sexo está muito fora do cardápio, a menos que você venha como marido e mulher. Definitivamente não haverá sexo casual neste torneio”, disse uma fonte policial à publicação.

O oficial acrescentou que “não haverá festa alguma”, recomendando que todos mantenham “a cabeça no lugar, a menos que queiram correr o risco de ficar presos”.

“Existe essencialmente uma proibição de sexo na Copa do Mundo deste ano pela primeira vez. Os torcedores precisam estar preparados”, disse.

Além do sexo casual e do consumo de bebidas, extritamente proibido em grande parte dos locais, as demonstrações de apoio à causa LGBTQIA+ ou de afeto em público estão vetadas pela organização.

“A segurança de cada torcedor é de extrema importância para nós. Mas demonstrações públicas de afeto são desaprovadas, não faz parte da nossa cultura e isso vale para todos”, disse Nasser al-Khater, executivo-chefe da Copa do Mundo FIFA 2022.

O Comitê Supremo do Catar para a Copa do Mundo alertou que se trata de um país conservador, onde o carinho em público é desaconselhado “independente da orientação sexual”.

Bandeirinhas arco-íris estão fora de cogitação. “Você quer demonstrar sua visão sobre o LGBTQ+, então demonstre-a em uma sociedade onde ela será aceita”, declarou Mansoor Al Ansari, secretário-geral da Associação de Futebol do Catar

Entre no canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o perfil geral do Portal iG.

Please follow and like us:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
Instagram
Telegram

RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
Instagram
Telegram