67% das doses de reforço contra a Covid do país foram aplicadas em SP

São Paulo – O Ministério da Saúde anunciou que a aplicação da terceira dose de vacina contra a Covid-19 em idosos e imunossuprimidos deve começar em 15 de setembro no país. Em São Paulo, entretanto, a aplicação da terceira dose teve início em 6 de setembro. Até esta sexta (10/9), foram 41,4 mil delas, o que representa 67% das doses de reforço contra Covid aplicadas no Brasil.

Os dados são do governo estadual, divulgados pela plataforma Vacinômetro. São Paulo começou a revacinar idosos com 90 anos ou mais em 6 de setembro. A partir do dia 13, é a vez daqueles que têm entre 85 e 89 anos. A partir do dia 20, começa a vacinação das pessoas de 80 a 84 anos e dos imunossuprimidos com 18 anos ou mais.

Os estados do Mato Grosso do Sul e Espírito Santo também já iniciaram o esquema. Juntos, os três estados somam cerca de 62 mil doses de reforço administradas no Brasil.
O Ministério da Saúde recomenda a aplicação das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca na terceira dose, mas o estado de São Paulo está aplicando também a Coronavac.
Para tomar a terceira dose, as pessoas com 60 anos ou mais precisam ter tomado a segunda dose há pelo menos seis meses (fevereiro e março). Já em relação aos imunossuprimidos, é preciso ter completado o esquema vacinal há ao menos 28 dias.
Imunossuprimidos são pessoas com baixo nível de imunidade, que pode ser causada por doenças ou condições genéticas, como aquelas que passaram por transplantes, hemodiálise, quimioterapia, que têm AIDS, entre outras condições.

Confira abaixo o calendário de aplicação da terceira dose em São Paulo:

De 6 a 12 de setembro – 90 anos ou mais
De 13 a 19 de setembro – 85 a 89 anos
De 20 a 26 de setembro – 80 a 84 anos e imunossuprimidos com 18 anos ou mais
De 27 de setembro a 3 de outubro – 70 a 79 anos
De 4 de outubro a 10 de outubro – 60 a 69 anos

Desde janeiro, São Paulo já aplicou mais de 55,75 milhões de doses, sendo 35,34 milhões de primeira dose, 19,22 milhões de segunda e 1,15 milhão de dose única, além das doses adicionais no público idoso.

São Paulo já tem 57,34% da população adulta com duas doses da vacina – ou seja, com o esquema vacinal completo contra a Covid.

O post 67% das doses de reforço contra a Covid do país foram aplicadas em SP apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.