A candidatura de Mandetta diante da fusão entre DEM e PSL

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e outras lideranças do DEM terão uma reunião nesta semana para discutir melhor os termos da fusão do partido com o PSL. Mandetta e outros quadros da sigla foram surpreendidos com a rapidez com que as negociações avançaram.

O anúncio do acordo foi pré-agendado para o dia 21 deste mês. Mandetta quer entender como será pautado o debate sobre a sua pré-candidatura à Presidência da República. Um dos pontos a serem discutidos é se os dirigentes do PSL irão apoiar uma candidatura majoritária ou se o foco estará voltado para a eleição de deputados.

A presidência do novo partido ficará com o deputado Luciano Bivar, que hoje chefia o PSL, enquanto o presidente do DEM, ACM Neto, será o secretário-geral da sigla. Já é certo que os dirigentes abandonarão o número 17, que elegeu o presidente Jair Bolsonaro em 2018.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

O post A candidatura de Mandetta diante da fusão entre DEM e PSL apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.