Acompanhado pela mulher, PM reage a assalto e atira em dois suspeitos que estavam em moto em Jaboatão


Segundo a PM, caso ocorreu em Dois Carneiros. Neste sábado (11), a corporação disse que os dois homens baleados estavam sob custódia em hospitais no Grande Recife. Moto usada por suspeitos ficou caída no chão, após reação de PM, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife
Reprodução/WhatsApp
Um policial militar reagiu a um assalto e baleou dois suspeitos, na noite de sexta (10), em Jaboatão dos Guararapes. No Grande Recife. Segundo a PM, o policial atirou nos homens que se encontravam em uma moto. O PM estava com a mulher quando ocorreu a abordagem dos assaltantes.
Imagens enviadas para o WhatsApp da TV Globo mostram a motocicleta caída no chão e muitas pessoas em volta. A área foi isolada pela PM.
Por meio de nota, divulgada neste sábado (11), a PM informou que o caso ocorreu no bairro de Dois Carneiros. Os nomes do policial e das vítimas não foram divulgados.
Os dois suspeitos, informou a corporação, foram levados para os Hospitais da Restauração (HR), no Derby, na área central do Recife, e Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana.
A PM disse, ainda, as últimas informações repassadas neste sábado dão conta de que os dois estavam sob custódia nas unidades de saúde.
Na nota, a PM informou que tudo começou quando o policial e a mulher foram surpreendidos pela dupla de suspeitos.
O homem que estava na garupa da moto sacou a arma. De acordo com a corporação, o PM “reagiu a essa injusta agressão, baleando dois suspeitos”.
Ainda na nota, a PM disse que um dos homens baleados estava usando uma tornozeleira de monitoramento por ter passagem anterior pelo sistema penitenciário. O outro, acrescentou a corporação, também tinha ficha na polícia.
O PM responsável pelos tiros se apresentou ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) “para prestar os esclarecimentos, conforme a nota da PM.
Veja vídeos de PE mais assistidos em sete dias
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.