Barra do Garças suspende aplicação da AstraZeneca; MT tem outras 2 cidades com vacinação contra a Covid-19 parada


Sorriso e Lucas do Rio Verde suspenderam a 1ª dose de modo geral. Já Barra do Garças apenas a aplicação da Astrazeneca. Cidades enfrentam falta de doses
Ascom Prefeitura | Rayan Nicacio
Sem receber novas vacinas contra Covid-19 para aplicação da primeira dose, os municípios de Sorriso e Lucas do Rio Verde (no norte de Mato Grosso) estão com a campanha de vacinação suspensa. Só quem tem a segunda dose agendada consegue a imunização. Já a Prefeitura de Barra do Garças (516 km) interrompeu a vacinação com doses da Oxford AstraZeneca (Fiocruz).
Em Sorriso, a situação está crítica. Não há vacinação da primeira dose com nenhum imunizante e a Prefeitura Municipal aguarda a chegada de novos lotes de vacinas para dar continuidade ao processo de imunização da população.
A situação é semelhante em Lucas do Rio Verde, que parou de vacinar adultos com 21 anos e aguarda a chegada de novas doses para dar prosseguimento à campanha de imunização.
Sorriso e Lucas do Rio Verde paralisaram a vacinação na quarta-feira.
Em Barra do Garças, a Secretaria Municipal de Saúde informou que o município não está recebendo as doses porque o Ministério da Saúde não está enviando as doses para os estados.
De acordo com a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), houve atraso na entrega do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), que é um componente usado para fabricar a vacina, neste mês a fundação prevê a entrega de 15 milhões de doses, a partir de 13 de setembro.
Depois que receber novas remessas do imunizante o município voltará a vacinar com a vacina produzida no instituto Bio-Manguinhos.
Em Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop e Cáceres não há falta de imunizante.
Em vários estados há falta de diluentes para acrescentar na vacina da Pfizer. No entanto, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) disse que não é o caso de Mato Grosso. Destacou também que o envio de uma nova remessa do Ministério da Saúde foi informada ao estado.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.