Blitz lacra 11 imóveis com ligação clandestina de esgoto no Rio Vermelho

A Vigilância Sanitária, com o auxílio da Blitz Sanear, lacrou na última semana 11 esgotos irregulares e clandestinos no bairro Rio Vermelho, localizado no Norte de Florianópolis.

Blitz Sanear lacrou 11 esgotos irregulares no Rio Vermelho, autuando e fiscalizando outros nos bairros do Ribeirão e Campeche – Foto: Djone Joench/Floripa Se Liga Na Rede/Divulgação/ND

Multadas por crimes ambientais pela Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente), as casas e condomínios que tiveram suas tubulações fechadas ficavam todas na rua Servidão Leandro Manoel de Aguiar.

Cinco proprietários estavam lançando esgotos na rede de drenagem pluvial do bairro. Outros dois estavam extravasando esgoto a céu aberto.

Equipes da Vigilância Sanitária em inspeção de esgotos irregulares por Florianópolis – Foto: Djone Joench/Floripa Se Liga Na Rede/Divulgação/ND

O grupo móvel de fiscalização também foi ao Ribeirão da Ilha e ao Campeche, no Sul da Ilha, para realizar uma ação dupla e simultânea na última sexta-feira (10), a partir de dados obtidos com o programa Floripa Se Liga Na Rede.

O objetivo com as novas rondas foi verificar imóveis que já haviam sido inspecionados e estavam irregulares. Um imóvel com quitinetes, localizado na SC-405, foi flagrado lançando esgoto no manancial que atravessa o terreno.

Blitz Sanear, força tarefa da Prefeitura Municipal de Florianópolis e da Casan, em sua força-tarefa – Foto: Djone Joench/Floripa Se Liga Na Rede/Divulgação/ND

O responsável foi multado pela Floram e intimado pela Vigilância Sanitária a cessar o lançamento e apresentar o documento Habite-se.

Esgotos irregulares no Centro e na Lagoa da Conceição

A partir da coleta de informações do programa Trato Pela Lagoa, cinco imóveis foram fiscalizados na Lagoa da Conceição. Desses, apenas o condomínio na Avenida Afonso Delambert Neto não havia regularizado o esgoto que joga na rede pluvial do bairro.

O síndico relatou que a empresa especializada foi contratada e começará as obras nesta semana. A Floram deu prazo de sete dias para a regularização.

Equipes também foram inspecionar prévios esgotos já fiscalizados – Foto: Djone Joench/Floripa Se Liga Na Rede/Divulgação/ND

Já no Centro de Florianópolis, o grupo fiscalizou novamente cinco prédios distribuídos entre a Av. Hercílio Luz e a Rua Gen. Bittencourt. Para eles, a Casan emitiu três termos de ocorrência por conta de irregularidades que ainda não haviam sido sanadas nas ligações sanitárias.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.