Bolsonaro participa nesta quinta da cúpula virtual do Brics

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participa nesta quinta-feira (9/9), por videoconferência, da XIII Cúpula do Brics, bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O evento será realizado das 9h às 10h30, ainda em formato virtual em razão da pandemia.

Acompanham o presidente os ministros das Relações Exteriores, Carlos França, e da Economia, Paulo Guedes.

A participação ocorre em meio a convulsão social no Brasil, causada por bloqueios de estradas por caminhoneiros. O próprio Bolsonaro gravou áudio, na noite dessa quarta-feira (8/9), pedindo aos caminhoneiros para liberarem as estradas do país. Ele afirma que o bloqueio atrapalha a economia.

“Fala para os caminhoneiros aí, que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação e prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres”, falou.

“Então, dá um toque nos caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade. Deixa com a gente em Brasília aqui e agora. Mas não é fácil negociar e conversar por aqui com autoridades. Não é fácil. Mas a gente vai fazer a nossa parte aqui e vamos buscar uma solução para isso, tá ok? E aproveita, em meu nome, dá um abraço em todos os caminhoneiros. Valeu”, continuou.

Além disso, a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, segue ocupada por apoiadores do presidente, que se manifestaram no último 7 de Setembro. O trânsito de veículos está interrompido.

Brics

O bloco foi fundado em 2006, a princípio sem a participação da África do Sul, que passou a integrar o grupo em 2011. Desde 2009, os líderes dos países se reúnem anualmente.

Em novembro do ano passado, Bolsonaro criticou o que chamou de “monopólio do conhecimento” por parte da Organização Mundial da Saúde (OMS) e defendeu a reforma em organismos internacionais.

Entre os líderes dos países do bloco, está Xi Jinping, presidente da China. O maior parceiro comercial do Brasil é seguidamente atacado pelo mandatário brasileiro em razão do regime comunista.

Membros de governo brasileiro e apoiadores de Bolsonaro, inclusive seus filhos, já criaram diversos incidentes diplomáticos com a China. Cartazes pedindo a criminalização do comunismo foram exibidos nos atos de 7 de Setembro.


0

O post Bolsonaro participa nesta quinta da cúpula virtual do Brics apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.