Câmara de Goiânia: Centros de estética e salões de cabeleireiros são reconhecidos como atividade essencial

“Eles me mostraram como pretendem trabalhar, respeitando estas normas sem prejudicar a saúde, com os serviços passando a atender a população com horário marcado, com normas de higienização e com o compromisso de que estes trabalhadores farão o que é correto no combate à pandemia”, disse o autor do projeto, o vereador Lucas Kitão (PSL)

Nesta quarta-feira, 15, a Câmara Municipal de Goiânia, reconheceu que centros de estética, salões de cabeleireiros e barbearias são serviços essenciais. Por isso, devem manter as atividades funcionando mesmo que novas normas sanitárias do Covid-19 sejam impostas. O projeto é de autoria do vereador, Lucas Kitão (PSL).

“Foi uma das atividades mais afetadas com o fechamento das atividades não essenciais e merece o nosso reconhecimento”, alegou Kitão. A Casa entendeu que o serviço prestado por esse setor pode ser mantido desde que respeitem as normas sanitárias impostas pela pandemia do Covid-19.

Após a aprovação, o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), pode sancionar ou vetar o projeto. Ele tem 60 dias para regulamentar a lei e definir as diretrizes para a abertura desses estabelecimentos em caso de novas sanções.

O post Câmara de Goiânia: Centros de estética e salões de cabeleireiros são reconhecidos como atividade essencial apareceu primeiro em Jornal Opção.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.