Caminhoneiros fecham rodovia no Sul de MG, mas abrem brecha para famílias

O bloqueiro articulado por caminhoneiros atinge o Sul de Minas nesta quinta-feira (9/9). A manifestação na MG-050 começou à 0h de hoje, vai ser suspensa para liberar motoristas de caminhão que possuem família e voltar com a interdição total às 19h. As informações são dos próprios condutores.
 
No início da tarde, cerca de 200 caminhões chegaram a ocupar um ponto da rodovia próximo ao Aeroporto de Passos e à entrada do município de Itaú de Minas. 

Os caminhoneiros protestam contra o aumento do combustível, a diferença da alíquota de ICMS (Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) de um Estado para outro e reclamam do pouco ganho.
 
“Nós trabalhamos é para alimentar nossa família. Tudo está subindo assustadoramente e estamos recebendo apoio de pessoas que não são do ramo. Estamos certos”, disse um caminhoneiro que preferiu não ser identificado. 
 
O movimento colocou banheiros químicos na MG-050 e atende as famílias com bens essenciais. Cada caminhoneiro fez o seu almoço.
 
Corrida a postos de gasolina 
Na manhã desta quinta-feira, foram registradas filas intensas nos postos de combustíveis de Passos. Os consumidores temem as consequências da manifestação dos caminhoneiros que estão parados em diversas rodovias da região e do Brasil.
As ações começaram em pelo menos três cidades da região no Sul de Minas e já na madrugada de hoje várias outras mostravam adesão. 
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.