Casa Museu Ema Klabin abre programação de eventos sobre moda

Entre os meses de setembro e novembro, a Casa Museu Ema Klabin promoverá uma extensa programação de moda. Palestras, oficinas, cursos e exposição estão na iniciativa. Em formato híbrido, com ações on-line e presenciais, o ciclo de eventos é gratuito.

Vem saber mais!

Retrato de Ema Klabin, de 1949: óleo sobre tela

Palestras e oficinas de setembro

Em 18 de setembro, a palestra Roupas Enquanto Memória e Patrimônio será ministrada por Manon Salles, doutora e mestre em ciências da comunicação pela Universidade de São Paulo (USP). Com 95 vagas, a aula ocorrerá via Zoom.

A professora analisará a importância do vestuário e as inúmeras narrativas dentro de coleções de museus, por meio da leitura de trajes que fizeram parte dos percursos de Ema Klabin. “Será discutido como os acervos de roupas, de moda e de acessórios são percebidos, enquanto parte da cultura material, como importantes fontes históricas, muitas vezes esquecidas nos museus”, explica a organização.

No mesmo dia, com 20 vagas, a Casa Museu Ema Klabin realizará a primeira oficina presencial do lineup: “A Roupa Musealizada: Exposições Possíveis“. O objetivo é abordar as diferentes formas de expor uma peça do vestuário em uma exposição. O ponto de partida será o vestido que fez parte da performance final do desfile de primavera/verão 1999 de Alexander McQueen.

“Como prática, os participantes irão analisar a melhor disposição de um vestuário de Ema Klabin, a partir dos espaços presentes no museu. O encontro será ministrado por Tatiana Bo, coordenadora do Educativo no Museu de Arte Brasileira (MAB FaaP) e mestre em história da arte pela Unifesp”, explica comunicado.

Biblioteca da Casa Museu Ema Klabin
A Casa Museu Ema Klabin preparou uma ampla programação de moda para as próximas semanas

 

Curso online
Palestras, oficinas e exposição estão no calendário. Parte da programação é digital

 

Exposição de moda
Uma das oficinas, por exemplo, vai tratar sobre as possibilidades de exposições de peças em museus

 

Desfile Alexander McQueen de primavera/verão 1999
O desfile de spring/summer 1999 de Alexander McQueen também será abordado

 

Circularidade na Moda: Estratégias de Sustentabilidade e Inovação é o tema da palestra sobre que ocorrerá virtualmente em 25 de setembro. O encontro será comandado por Monayna Pinheiro, especialista em estética e gestão de moda pela USP.

Para completar a programação do mês, haverá a oficina Memória das Roupas – Construção de Roupas em Papel, com a artista e doutora em literatura Beth Ziani. No dia 26, presencialmente, ocorrerá uma experiência que tem a ver com memória afetiva, para estimular a recriação de figurinos que marcaram fases da vida.

“A partir de relatos, a oficina busca contextualizar épocas, ambientes e pessoas envolvidas. As roupas serão reconstituídas em miniaturas [cerca de 70 cm] e a modelagem será em papel craft e crepom”, adianta a Casa Museu Ema Klabin.

Ema Klabin
Ema Klabin era colecionadora de arte

 

Sala de jantar da Casa Museu Ema Klabin
Para divulgar o acervo próprio, além da visitação pública, a Fundação Cultural Ema Gordon Klabin tem cedido obras para exposições no Brasil e na Europa

 

Galeria da Casa Museu Ema Klabin
A Casa Museu Ema Klabin fica em São Paulo

 

Hall da Casa Museu Ema Klabin
As vagas para a programação de moda são limitadas

 

As inscrições para os primeiros eventos, em setembro, podem ser feitas pelo site da Casa Museu Ema Klabin. Nos meses seguintes, o ciclo de eventos continuará.

Para outubro, está marcada a exposição Ema e a Moda no Século XX – As Roupas e a Caligrafia dos Gestos, com curadoria do pesquisador e escritor Brunno Almeida Maia. A mostra irá expor peças de vestuário, acessórios e fotografias da colecionadora.

 

Casa Museu Ema Klabin

Oficialmente fundada em 1978, a Fundação Cultural Ema Gordon Klabin é uma organização sem fins lucrativos. A sede fica na rua Portugal, no bairro Jardim Europa, em São Paulo. Nascida no Rio de Janeiro, em 1907, a fundadora, que dá nome à instituição, era filha de imigrantes lituanos.

Ao longo da vida, além da atividade empresarial, Ema Klabin se dedicou a atividades filantrópicas e assistenciais. Ela era apreciadora de música e de arte. A partir do fim dos anos 1940, passou a adquirir importantes obras de colecionadores e também em galerias europeias e norte-americanas.

 

Colaborou Rebeca Ligabue

O post Casa Museu Ema Klabin abre programação de eventos sobre moda apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.