Chefe de grupo criminoso de Goiás é preso em shopping de Fortaleza após apresentar documento falso


O homem recebeu voz de prisão por falsidade ideológica e pelo mandado de prisão em aberto. Lucas Rodrigues de Souza, 39 anos, foragido de Goiás, preso em Fortaleza
SSPDS/Divulgação
O chefe de um grupo criminoso do estado de Goiás, que estava foragido, foi preso em um shopping Fortaleza, na tarde deste sábado (11). Lucas Rodrigues de Souza, 39 anos, vivia em um condomínio de luxo da capital cearense e foi preso pela Polícia Militar do Ceará (PM-CE).
A captura foi realizada em um trabalho conjunto das equipes de inteligência da Polícia Militar de Goiás e da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), juntamente com o policiamento ostensivo das equipes do Comando Tático Motorizado (Cotam) da PM-CE.
LEIA TAMBÉM:
Mentores do esquema de falsas lotéricas no Pará são presos no Ceará
Trio é preso em flagrante ao furtar envelopes com dinheiro de caixas eletrônicos em Caucaia
Durante a abordagem, Lucas Rodrigues, também conhecido como “Paulo Bayer” ou “Amigão”, apresentou documento de identidade falso para os policiais militares do Cotam com o nome “Lucas Garcia Rosa”.
O homem recebeu voz de prisão por falsidade ideológica e pelo mandado de prisão em aberto. Foi apreendido com o mesmo três aparelhos celulares e a documentação falsa.
O preso e o material apreendido foram apresentados no 2º Distrito Policial para cumprimento do mandado de prisão em aberto. Na ocasião também foi feita autuação com base no artigo 304 do Código Penal.
Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.