CNJ orienta não ampliar competência de varas de violência doméstica

Diante da existência de poucas varas exclusivas de violência doméstica no país e do excessivo número de casos de agressão contra mulheres que chegam à Justiça, o Conselho Nacional de Justiça aprovou por unanimidade nota técnica contrária ao Projeto de Lei 3.244/2020, do Senado, que prevê a amplia…
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.