CNT: paralisação de caminhoneiros traz graves dificuldades à população

Diante da paralisação dos caminhoneiros em 14 estados do país, com cinco vias bloqueadas, a Confederação Nacional do Transporte (CNT) afirmou em nota, nesta quinta-feira (9/9), que “não apoia nenhum tipo de paralisação”. Da mesma forma, diz que vem acompanhando com preocupação os registros de bloqueios do tráfego em diversas rodovias.

O grupo também informou que desconhece o teor da pauta dos manifestantes e que os protestos podem provocar sérios transtornos à atividade econômica, impactando diretamente o abastecimento das cidades brasileiras, em um contexto ainda marcado pela pandemia da Covid-19. 

“A entidade informa que não apoia nenhum tipo de paralisação e reafirma o compromisso do setor transportador com a sociedade e com o inegociável direito de ir e vir”, assinalou.

“Poderá haver graves dificuldades para realizar o transporte de produtos de primeira necessidade da população, como alimentos, medicamentos e combustíveis – atingindo assim a produção, o comércio e, por extensão, o consumidor final”, completou a entidade.

No texto, a CNT frisou, ainda, que conta com a ação dos governos federal e estaduais para assegurar às empresas de transporte rodoviário de cargas o seu pleno exercício. “Nesse sentido, a entidade espera que a PRF (Polícia Rodoviária Federal) – instituição reconhecida pela excelência na sua atuação – trabalhe, decisivamente, para retirar os bloqueios e garantir a segurança nas nossas estradas”, destacou.

Bloqueios

Segundo boletim divulgado às 11h desta quinta-feira (9/9) pelo Ministério da Infraestrutura, há pontos de concentração de caminhoneiros em rodovias federais de 14 estados, com interdições em cinco deles: Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

Nos estados Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Rondônia, Pará e Roraima, o trânsito está liberado, mas ainda há abordagem a veículos de cargas, com tentativas de interrupção da passagem.

O post CNT: paralisação de caminhoneiros traz graves dificuldades à população apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.