Com bolo e balão, humoristas ironizam espera de 7 meses para instalação de tomógrafo em hospital no AC


Humoristas cobraram de forma inusitada a instalação do aparelho entregue em fevereiro no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul. Sesacre afirmou que foi necessário construir uma nova sala para colocar o equipamento e a obra deve ficar pronta em 50 dias. Unidade de saúde atende com um tomógrafo antigo. Com bolo e balão, humorista cobram instalação de tomógrafo do Hospital do Juruá
Após sete meses de espera, um grupo de humoristas de Cruzeiro do Sul resolveu cobrar do poder púbico a instalação do novo aparelho de tomografia no Hospital Regional do Juruá de forma inusitada. Os humoristas levaram bolo, balão, confetes, chapéu de aniversário e cantaram parabéns pela não instalação do equipamento.
A ‘celebração’ foi feita na tarde dessa sexta-feira (10) em frente à unidade de saúde e o vídeo gravado no local viralizou nas redes sociais. Até esse domingo (13), a gravação foi vista por mais de mais de 40 mil pessoas em apenas um perfil do grupo ‘Negoveio’.
“Trabalhamos com essa pegado do humor há algum tempo. Tivemos uma ideia de protestar de uma forma bem sutil sobre o tomógrafo de Cruzeiro do Sul que as pessoas esperam. Já está encostado há sete meses e unimos nosso humor e fizemos o mêsversário que as mães costumam fazer para os filhos”, explicou o empresário Fladson Pequeno.
No final da gravação, o humorista promete voltar para comemorar o 8º mêsversário da não instalação, caso a situação não tenha sido resolvida.
De forma humorada, moradores de Cruzeiro do Sul cobraram instalação do tomógrafo do Hospital do Juruá
Arquivo pessoal
O equipamento foi entregue pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) no Hospital do Juruá em fevereiro deste ano. Em março, coordenação regional de saúde da cidade alegou que as equipes tiveram problemas para instalar o equipamento na sala onde funciona o antigo equipamento.
É que esse novo equipamento precisa ser instalado em uma laje com base de espessura de 18 centímetros, mas a espessura da atual base é de apenas 12 centímetros. O engenheiro da Sesacre, Thales Silva de Melo, explicou na época que esses detalhes mínimos são questionados pelo fabricante e precisam ser cumpridas as normas de instalação.
Em nota, a Sesacre informou, nesse domingo, que o atraso na instalação ocorreu devido à necessidade de construir uma outra sala para colocar esse equipamento. Porém, a maioria dos materiais utilizados nessa obra são comprados em outros estados e sob encomenda e medidas específicas.
Essa obra é feita por equipes da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). Ainda segundo a nota, conclusão da obra vai passar por uma e dever ser concluída em 50 dias. Essa obra custou cerca de R$ 500 mil.
“Outro ponto que cabe deixar explícito é o fato de não deixar a unidade e, consequentemente a população, descoberta desse tipo de exame, tanto com o tomógrafo existente na unidade quanto com o contrato, por meio de processo licitatório para cobertura da Rede estadual de saúde, tal qual é realizado nas unidades da capital”, destaca o posicionamento. (Veja nota na íntegra abaixo).
Humoristas se reuniram em frente ao Hospital do Juruá nessa sexta (10) para cobrar o poder público
Arquivo pessoal
Mêsversário
Fladson Pequeno disse que a ideia do protesto surgiu depois que um engenheiro da cidade comentou em uma postagem do grupo que instalou um aparelho de tomógrafo em dois meses em uma clínica particular. Segundo ele, funcionários do governo entraram em contato após o vídeo viralizar afirmando que iriam informar e agilizar o processo na próxima semana
“Como é que em sete meses não instalam no hospital público? Em sete meses se constrói um prédio. Teve um engenheiro que veio na página e disse para chamá-lo que ele instala. Abraçamos a causa, que é de utilidade pública. Diariamente é preciso dentro de um hospital, está lá e ninguém liga para instalar”, criticou.
Nota na íntegra da Sesacre:
A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) esclarece sobre a instalação do novo tomógrafo no Hospital Regional do Juruá que, devido a qualidade do equipamento e a estrutura existente no hospital, foi necessária a construção de um novo espaço para instalação do mesmo, sendo esse local um complexo para realização de diagnostico por imagem.
Salienta, ainda, que a maioria dos materiais não são adquiridos no Acre, havendo necessidade de busca em outros estados, por meio de encomenda, com tempo moroso para entrega por serem, muitas vezes, produzidos sob medidas especificas.
Por ser uma estrutura nova, foi necessário não só a parte de estruturação civil, mas também redimensionamento elétrico de toda a instituição para que não houvesse comprometimento das demais áreas do hospital, sendo o projeto executado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra).
Explica ainda que com a conclusão dos projetos arquitetônico e elétrico será realizada a vistoria técnica da fabricante e, o agendamento das 3 etapas da instalação (mecânica, eletrônica e capacitação) o que poderá ser concluída nos próximos 50 dias.
Outro ponto que cabe deixar explícito é o fato de não deixar a unidade e, consequentemente a população, descoberta desse tipo de exame, tanto com o tomógrafo existente na unidade quanto com o contrato, por meio de processo licitatório para cobertura da Rede estadual de saúde, tal qual é realizado nas unidades da capital.
Por fim, esta Secretaria deixa claro seu comprometimento com a saúde da população acreana e não tem medido esforços para cumprir e conseguir oferecer o melhor atendimento a todos que assim necessitem.
Secretaria de Estado de Saúde do Acre
00:00 / 31:10
Reveja os telejornais do Acre
Reveja todos os vídeos exibidos pelo Bom Dia Acre, JAC1 e JAC2| em G1 / AC / Acre
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.