Com um óbito em setembro, Itapetininga registra queda na média de mortes por Covid-19

Cidade teve o maior número de mortes em março, com 96 registros. Agosto teve 28 óbitos e, nos dez primeiros dias de setembro, somente uma morte foi divulgada. Outras cidades da região também não têm mortes há dias. Itapetininga não registra mortes por Covid-19 há mais de uma semana
A cidade de Itapetininga, no interior de São Paulo, não registra mortes por Covid-19 desde o dia 1º de setembro. Há pelo menos oito dias sem óbitos pela doença, o município teve uma queda na média de mortes, o que é reflexo do avanço da vacinação, segundo a prefeitura.
Conforme um levantamento feito pela produção da TV TEM, o maior número de mortes registrado neste ano em Itapetininga foi no mês de março, quando 96 pessoas morreram em decorrência da doença. O aumento foi de 123% em relação a fevereiro.
A situação começou a melhorar gradativamente a partir do mês de abril e, em julho, Itapetininga registrou queda de 67% na média de mortes. Isso porque, em junho, foram registrados 58 óbitos na cidade e, em julho, o número caiu para 19.
No mês seguinte, o índice voltou a crescer e agosto registrou 28 óbitos, um aumento de 50%. Porém, nos primeiros dez dias de setembro, apenas uma morte pela doença foi registrado (confira os números abaixo).
Mortes em decorrência da Covid-19 em Itapetininga
Janeiro: 39 óbitos
Fevereiro: 43 óbitos
Março: 96 óbitos
Abril: 86 óbitos
Maio:65 óbitos
Junho: 58 óbitos
Julho: 19 óbitos
Agosto: 28 óbitos
Setembro: 1 óbito
De acordo com a prefeitura de Itapetininga, o avanço da campanha de vacinação contra a Covid-19 tem contribuído com a queda da média de mortes.
A prefeitura informou que 40,81% da população total de Itapetininga já completou o esquema de vacinação contra a Covid-19, com duas doses do imunizante ou com a vacina de dose única. Além disso, 75,9% da população já tomou pelo menos uma dose.
Desde o início da pandemia, Itapetininga registrou 16.382 casos confirmados de Covid, sendo que 547 pessoas morreram e 15.509 se curaram.
Outras cidades
Há onze dias, Tatuí também não registra mortes em decorrência da Covid-19. O último óbito foi em 30 de agosto. O paciente, de 30 anos, morreu no dia 22, mas a notificação do caso foi feita somente oito dias depois. Tatuí já registrou 451 mortes por Covid.
Já Laranjal Paulista não têm mortes por Covid-19 há mais de um mês, sendo que a última foi registrada no dia 4 de agosto. Desde o início da pandemia, a cidade teve 114 óbitos pela doença.
Veja mais notícias no G1 Itapetininga e Região
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.