Conselho do FGTS aprova aumento no valor de imóvel do Casa Verde e Amarela

O conselho curador do FGTS aprovou, por unanimidade, uma reforma no Casa Verde e Amarela (antigo Minha Casa Minha Vida). A votação ocorreu nesta segunda-feira (13/9) e tem como objetivo fazer frente ao aumento da inflação dos últimos meses.

O conselho foi favorável a um acréscimo nos valores máximos das casas e apartamentos comercializados no programa habitacional.

A alteração será de 10% nos empreendimentos em capitais e regiões metropolitanas, 15% para cidades com 50 mil a 100 mil habitantes, e 10% para as localidades entre 20 mil e 50 mil habitantes. Já as cidades com menos de 20 mil habitantes não apresentarão reajuste.

A decisão atendeu a um pedido da indústria imobiliária, que reclamava que os custos não estavam mais alinhados com a escalada dos gastos dos materiais, fazendo que muitas empresas cancelassem empreendimentos dentro do programa.

Nos últimos 12 meses, O INCC, índice que mede a variação nos preços ligados ao material de construção, bateu o recorde de 17,3%.

“Embora o reajuste não seja suficiente para cobrir a alta dos insumos, traz um certo equilíbrio e permite ao setor retomar projetos que tinham ficado inviáveis. Embora não atenda totalmente os anseios do setor da construção, ele é muito bem-vindo”, avaliou o conselheiro Abelardo Campoy Dias, representante da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), durante a reunião.

De acordo com projeções do mercado financeiro, divulgadas nesta segunda-feira, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deverá fechar o ano com alta de 8%. Na semana passada, projetava-se inflação de 7,58% e, há um mês, de 7,05%.

O post Conselho do FGTS aprova aumento no valor de imóvel do Casa Verde e Amarela apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.