Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Juiz de Fora abre inscrições para novos membros


Serão disponibilizadas 32 vagas para conselheiros titulares e suplentes para o biênio 2021-2023; veja os detalhes. Candidatos precisam desenvolvam ações relevantes na área de segurança alimentar e nutricional
Freepik.com/Divulgação
A Prefeitura de Juiz de Fora está com inscrições abertas para entidades da sociedade civil organizada, interessadas em compor o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Juiz de Fora (Comsea/JF).
Podem se candidatar entidades que atuam no município e desenvolvam ações relevantes na área de segurança alimentar e nutricional. Ao todo, serão disponibilizadas 32 vagas entre conselheiros titulares e suplentes para o biênio 2021-2023.
As inscrições vão até o dia 23 de setembro pelo portal da Prefeitura, ou presencialmente na Secretaria Executiva do Comsea/JF, localizada Avenida Brasil, 2.001, 6º andar, no Centro. O horário de atendimento é de 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h.
Além disso, é possível encaminhar os documentos pelos Correios ou para o e-mail: comseajf2017@gmail.com. A documentação exigida deverá ser digitalizada e salva em PDF, e os anexos preenchidos.
O edital e os anexos que devem ser preenchidos estão disponíveis aqui.
A Prefeitura informou ainda que no ato da inscrição, as entidades deverão indicar qual segmento social faz parte, e ressaltou que a atuação dos conselheiros, titulares e suplentes será considerada serviço de relevante interesse público e não será remunerada.
O Conselho
O Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Juiz de Fora (Comsea/JF) foi criado pela lei 10.466 em 10 de junho de 2003 e é composto por 24 conselheiros titulares e igual número de suplentes, além de 8 representantes de Órgãos Governamentais Municipais e 16 representantes de organizações da Sociedade Civil Organizada.
Ele é vinculado administrativamente à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) com o papel fundamental no debate, formulação e monitoramento de ações e proposição de diretrizes de uma Política de Segurança Alimentar e Nutricional no município em consonância com as mesmas diretrizes estadual e federal.
VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.