Correspondente do SBT chega ao Afeganistão

O grupo terrorista Talibã será oficialmente empossado no controle do governo do Afeganistão neste sábado, 11. E um jornalista brasileiro terá a missão de acompanhar esse momento da política internacional diretamente do país asiático. Correspondente do SBT na Europa, Sérgio Utsch chegou em território afegão na manhã (no horário de Brasília) desta sexta-feira.

Leia mais:

  • Talibã começa perseguição a jornalistas no Afeganistão
  • A realidade do Afeganistão, a polarização política e o jornalismo – por Adalberto Piotto
  • Fake news são problema mundial: cuidados ao repassar notícias ajudam na questão

Rumo à capital Cabul, Utsch pisou em solo afegão após seis dias no vizinho Paquistão. Desde o dia 4 de setembro, o jornalista tem colaborado com reportagens para os telejornais ‘Primeiro Impacto’ e ‘SBT Brasil’. Além disso, tem produzido material exclusivo para o SBT News, plataforma online 100% informativa mantida pela empresa de mídia — e sob coordenação de Rodrigo Hornhardt, finalista do Prêmio Comunique-se 2021 na categoria ‘Liderança de Veículo de Comunicação’.

Após cruzar a fronteira terrestre entre Paquistão e Afeganistão, Sérgio Utsch relatou, em texto publicado no SBT News, como foi a “recepção” por parte do grupo extremista. “Depois de ser recebido por homens fortemente armados, fomos levados para uma sala por um agente do serviço de inteligência do Talibã. Na mesma sala, estava, havia duas horas, uma equipe da NHK, rede de TV do Japão. Nossas equipes ouviram uma rajada de tiros que vinha do lado de fora.”

Há muita desinformação sobre a documentação exigida para se entrar no país

Sérgio Utsch, diretamente do Afeganistão, em relato para o SBT News

O jornalista brasileiro aproveitou o momento para trazer dados sociais e demográficos a respeito do Afeganistão, país que já havia sido controlado pelo Talibã de 1996 a 2001. “As dificuldades na transição de milícia armada para governo de um país de quase 40 milhões de habitantes, mais da metade abaixo da linha da pobreza, são muito evidentes”, pontuou. “Há muita desinformação sobre a documentação exigida para se entrar no país, um pouco mais difícil no caso de jornalistas. Nas cidades e nas estradas, não há guardas de trânsito nem regras”, prosseguiu o correspondente.

Sérgio Utsch e SBT News rumo ao Afeganistão:

Confira, abaixo, uma das reportagens produzidas por Sérgio Utsch enquanto estava no Paquistão rumo ao Afeganistão. Exibido na televisão, o conteúdo está disponível na plataforma SBT News.

0

0

O post Correspondente do SBT chega ao Afeganistão apareceu primeiro em Portal Comunique-se.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.