Covid-19: 30% dos municípios de MG concluíram vacinação de adultos com 1ª dose


Veja a lista das 258 cidades que já imunizaram toda a população adulta com pelo menos uma dose. Vacina contra Covid-19
Divulgação/Prefeitura de Goiânia/Jucimar Sousa
Um levantamento da Secretaria de Estado de Saúde (SES) aponta que 30% das cidades mineiras concluíram a aplicação da primeira dose de vacina contra a Covid-19 na população adulta. O número corresponde a 258 dos 853 municípios de Minas Gerais.
A cidade de Contagem, na Região Metropolitana, já aparece no balanço da SES. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pelo município, nesta quarta-feira (8), 751.057 pessoas foram imunizadas com a primeira e segunda doses.
Também na Grande BH, Nova Lima completou a vacinação de adultos com a primeira dose e segue a ampliação, destinando imunizantes para adolescentes com comorbidades.
Belo Horizonte segue no mesmo esquema. A capital já vacinou as pessoas de 18 anos ou mais, mas ainda não consta no levantamento da SES.
Outras cidades da Região Metropolitana também alcançaram 100% da população adulta vacinada com a primeira dose. Veja a lista completa no final da reportagem.
Belo Horizonte
A capital começou, na quinta-feira (9), o reforço da vacinação em idosos de 86 a 88 anos. Esse grupo foi vacinado com Coronavac, com a primeira dose em fevereiro e a segunda dose em março.
Poderão se imunizar, inicialmente, os idosos nesta faixa etária que tomaram a segunda dose há mais de seis meses.
Caso os idosos nessa faixa etária tenham recebido AstraZeneca, eles devem aguardar o intervalo de seis meses após a segunda dose para procurar um posto de saúde e receber o reforço.
Por esta mesma razão, as pessoas com 89 anos e mais não foram convocadas, já que foram imunizadas com AstraZeneca. Eles só receberam a segunda dose em maio, e o intervalo só será atingido em novembro. A dose de reforço será com o imunizante da Pfizer.
A PBH disse ainda que a aplicação da dose de reforço nas pessoas acamadas desta faixa etária também será iniciada. É necessário que este público aguarde o contato das equipes da Secretaria Municipal de Saúde para o agendamento do horário.
O Ministério da Saúde autorizou a dose de reforço para os idosos de 70 anos e mais. Segundo a prefeitura, a ampliação para outras faixas etárias será feita respeitando o intervalo entre as aplicações e “de forma gradativa, condicionada ao recebimento de novas remessas de vacinas”.
A prefeitura não divulgou cronograma com o avanço da vacinação na cidade. Nesta sexta-feira (10), além dos idosos que podem receber a dose de reforço, grávidas e puérperas sem comorbidades devem seguir para os postos de saúde para completar a imunização, com a segunda dose da vacina
Vale lembrar que, no caso dessas mulheres, o cartão de vacinação deve constar retorno programado até o dia 17 de setembro.
Vacinação em Minas
Vídeos mais vistos no G1 MG:
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.