COVID-19: todas as macrorregiões de Minas avançam para Onda Verde

Gradualmente, os números da pandemia no estado de Minas Gerais têm caído. Com mais de 20 milhões de doses da vacina contra a COVID-19 aplicadas na população mineira, a taxa de incidência da doença caiu em 44%, em duas semanas. É o que confirmam os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). 
Desta forma, a pasta autorizou o avanço para a Onda Verde da última macrorregião de saúde do estado que ainda estava na Onda Amarela. Segundo a SES-MG, a partir do próximo sábado (11/9), todo o estado estará na fase mais flexível do programa Minas Consciente. 
O progresso foi anunciado nesta quinta-feira (9/9) pelo Comitê Extraordinário COVID-19, grupo de trabalho e acompanhamento da pandemia. 
O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, destaca o avanço da vacinação. “Outro ponto de destaque é a aplicação de quase 300 mil doses de vacina na média móvel diária”, ressalta.

Indicadores da COVID-19 em Minas Gerais 

A expectativa é de que os indicadores da doença continuem em queda. De acordo com a SES-MG, 40% da população adulta, com 18 anos ou mais, já recebeu a segunda dose ou dose única do imunizante. 
Quanto à taxa de incidência do coronavírus nos últimos sete dias, os números caíram em 37%. Já as internações caíram 35% em quatro semanas. 
No momento, 25 pacientes aguardam por uma vaga de UTI COVID. O número chegou a 227, há um mês, no dia 10 de agosto deste ano.  
 

Boletim Epidemiológico 

 
Segundo o informativo da SES-MG, 2.519 novos casos de COVID-19 e 17 óbitos foram registrados nas últimas 24h no estado. Desde o início da pandemia, 2.088.668 mineiros testaram positivio para a doença. 
 
Desde janeiro deste ano, Minas Gerais recebeu 24.284.554 doses da vacina, enviadas pelo Ministério da Saúde.  
 
 
* Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira 
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.