Covid: 90 pessoas deixam de tomar 2ª dose da Astrazeneca em Pontal do Paraná por falta de imunizantes


De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, cidade recebeu menos doses para aplicação do reforço. Estado disse que não há atraso de envio de imunizantes. 90 moradores de Pontal do Paraná não conseguiram tomar a 2ª dose de Astrazeneca
90 pessoas deixaram de tomar a segunda dose da vacina da Astrazeneca contra a Covid-19 em Pontal do Paraná, no litoral do Paraná, por falta de imunizantes, de acordo com a Secretaria Municipal da Saúde.
As pessoas foram chamadas para a aplicação da segunda dose em 1º de setembro mas, dois dias depois, as doses tinham se esgotado.
De acordo com a secretária municipal da Saúde, Carmen Moura, a cidade vem recebendo menos doses do que deveria para a segunda aplicação desde agosto.
Segundo o município, Pontal começou a receber menos doses para a segunda aplicação em agosto.
Giuliano Gomes/PR PRESS
“Foi reduzido o envio. Elas não vem acompanhando o volume de primeiras doses. Em agosto, começamos a sentir mais o deficit”, afirmou.
Com novas remessas que chegaram à cidade, a secretária espera que todas as pessoas que estão com vacinas atrasadas recebam a dose na segunda-feira (13).
Desabastecimento de vacina da AstraZeneca suspende aplicação em cidades de 5 estados
A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) disse que não há atrasos nos envios de doses no estado e que se há algum atraso, isso pode ter acontecido porque municípios usaram imunizantes reservados para a D2 como D1.
O município, no entanto, nega. “Nós seguimos rigorosamente o plano de operacionalização da Sesa. Não usamos nenhuma D2 como D1”, afirmou a secretária.
A Sesa informou que vai fazer um levantamento para identificar se há municípios com doses em atraso para solucionar o problema.
Junto com a imunização das pessoas que estão com as doses atrasadas, o município também vai aplicar a primeira dose em pessoas com 20 anos ou mais na segunda-feira (13).
VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR
Veja mais notícias da região em G1 Paraná
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.