Covid: ao menos 9 estados e o DF mantêm vacinação de adolescentes

São Paulo – Ao menos nove estados e o Distrito Federal vão continuar vacinando adolescentes sem comorbidades, mesmo após o Ministério da Saúde anunciar a suspensão da imunização para este grupo.

De acordo com levantamento feito pelo Metrópoles, além do DF, os estados do Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo vão manter o calendário de vacinação de jovens de 17 anos ou menos.

Em nota técnica enviada às secretarias de Saúde, a pasta informou que “revisou” a recomendação. Como justificativa, o ministério mencionou que a maioria dos adolescentes sem comorbidades acometidos pela Covid-19 demonstra evolução “benigna” e permanece assintomática.

No entanto, há estados que já haviam começado a imunização deste grupo.

Marcelo Queiroga, chefe da pasta, disse que a desorganização da campanha nos estados motivou a paralisação. O ministro também recomendou que os adolescentes que já tomaram a primeira dose não voltem para tomar a segunda dose.

Em alguns estados, ainda não há deliberação das Secretarias Estaduais de Saúde, mas capitais já definiram que vão contrariar a recomendação do governo federal. É o caso das capitais Rio de Janeiro, Aracaju (SE) e Rio Branco (AC).

De forma contrária, Natal, capital do Rio Grande do Norte, decidiu acolher o órgão federal e não o estadual, e determinou a pausa na vacinação de adolescentes sem comorbidades.

Já outras localidades já informaram que vão acatar a decisão do Ministério da Saúde e suspender a imunização de menores. É o caso de Alagoas, Piauí, Minas Gerais e Tocantins.

Por outro lado, estados como o Paraná e o Mato Grosso não haviam sequer começado a vacinação de adolescentes, e agora vão aguardar orientações do Ministério da Saúde para proceder.

O post Covid: ao menos 9 estados e o DF mantêm vacinação de adolescentes apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.