Covid: Brasil registra 667 mortes nas últimas 24 horas

A média de mortes está em 468 por dia, queda de 31% também na comparação com duas semanas atrás. Covid-19: Brasil registra 667 mortes nas últimas 24 horas e chega aos 586.590 desde o início da pandemia
De sexta-feira (10) para este sábado (11), foram registradas no Brasil 667 mortes por Covid. Já são, agora, 586.590 vítimas da doença no país.
Nas últimas 24 horas, foram confirmados 14.079 novos casos e o total subiu para 20.988.702. E pelo quinto dia seguido, a média de casos ficou abaixo de 20 mil. São 16.612 novos casos por dia, uma redução de 32% na comparação com duas semanas atrás.
A média de mortes está em 468 por dia, queda de 31% também na comparação com duas semanas atrás.
O Acre não divulgou os dados hoje. Nenhum estado registrou alta na média de mortes. Em estabilidade são 8 estados e 17 estados, além do Distrito Federal, têm queda. As maiors quedas foram registradas em Sergipe e Amapá.
Vacinação
Em 24 horas, 343.803 pessoas tomaram a primeira dose. Já 804.374 tomaram a segunda dose ou dose única e 66.589 tomaram a dose de reforço. Total de doses hoje passou de 1,2 milhão.
Até agora a primeira dose foi aplicada em 137.832.335 brasileiros, o que representa 64,61% da população. Mais de 72 milhões estão completamente vacinados, isso dá 34,08%, pouco mais de um terço da população.
A proteção máxima da vacina só vem duas semanas depois da segunda dose ou da dose única.
Já a dose de reforço foi aplicada em 88.060 pessoas, ou 0,04% da população.
Entre os estados que mais aplicaram a primeira dose em relação ao total da população, São Paulo tem 76,11%, depois vem Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Distrito Federal e Paraná com mais de 60%.
Entre os estados mais avançados na vacinação completa, os cinco primeiros são, pela ordem, Mato Grosso do Sul e São Paulo, com mais de 40%, seguidos por Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Paraná, acima de 30%.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.