DCM Ao Meio-Dia: Kakay fala da arregada de Bolsonaro; Carluxo reaparece após papai ser enquadrado por Temer

Carlos Bolsonaro é suspeito de contratar funcionários fantasmas
Carlos Bolsonaro chora. Foto: Reprodução/YouTube

Carluxo é o assunto. AO VIVO. Kiko Nogueira e Pedro Zambarda fazem o giro de notícias. Entrevista com Kakay.

LEIA MAIS:

1 – Perdeu, Mussolini de araque. Por Manuel Domingos Neto

2 – VÍDEO: Bemvindo Sequeira telefona para o “imbrochável” Bolsonaro

Carluxo reaparece

Depois de mais de 24 horas sem tuitar, Carlos Bolsonaro reapareceu nas redes com uma nova conspiração. O filho do presidente diz que o jornal O Globo está fazendo “marketing político” para Lula.

“Estão recebendo algo ou alguma promessa usando seu dinheiro?”, acusa. Ele ainda sugere que o site lavajatista Antagonista ficará com “ciúmes”.

Na última semana, Carlos Bolsonaro tem feito menos barulho nas redes. Desde o ato golpista de 7 de setembro, ele publicou, no máximo, três tuítes em um único dia.

O vereador federal está com medo. Recentemente, o Tribunal de Justiça do Rio autorizou sua quebra de sigilo. Ele é investigado em inquérito sobre contratação de funcionários “fantasmas”.

Em agosto, o filho do presidente ligou para o pai, temendo de ser preso.

Haddad fala ao DCM

Em entrevista ao DCM TV, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad lembou do golden shower ao falar sobre o golpismo do presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com o petista, Bolsonaro “está prometendo um golpe que ele gostaria de dar, mas não vai dar”.

“Você vê quantas pautas fantasiosas nós já tivemos em três anos. Do golden shower pra cá, tudo o que aconteceu nesse país… É tudo um grande golden shower”, lamentou.

Haddad afirmou que a sociedade brasileira “não é a de 1964”, quando começou a ditadura militar no país.

“O golpe não vai emplacar, vai ter reação. Não adianta imaginar que isso aqui é a década de 60. Não vai rolar”, disse.

VEJA O DCM AO MEIO-DIA

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.