Delegação do EZLN deixa México para iniciar giro europeu

Uma delegação com aproximadamente 180 integrantes da antiga guerrilha do Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) partiu do México nesta segunda-feira (13) para realizar uma viagem pela Europa, na qual se reunirá com grupos contrários ao capitalismo.

A delegação, que saiu do estado de Chiapas (sul) por terra na última sexta-feira, se reuniu em uma propriedade localizada em um bairro na região central da capital, a Cidade do México.

Os enviados do EZLN, entre os quais há homens e mulheres bastante jovens, partiram ao amanhecer de hoje rumo ao aeroporto da Cidade do México, em um grande comboio de veículos, mas sem oferecer declarações à imprensa, conforme constatou a AFP.

Os integrantes do EZLN viajam em dois voos, um que partiu ao meio-dia local (14h00 em Brasília) e outro que sairá mais tarde. A primeira escala será em Viena, na Áustria, de onde a delegação empreenderá um giro por dezenas de nações europeias.

Liderado peplo subcomandante Marcos, o EZLN se rebelou e recorreu à luta armada em 1º de janeiro de 1994. Os combates, no entanto, duraram apenas 12 dias, deixando dezenas de mortos, a maioria deles zapatistas. Em seguida, e após um processo de cessar-fogo, os insurgentes iniciaram um processo de diálogo com o governo.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.