Democratas apresentam primeiro esboço da reforma fiscal

Os democratas da Câmara dos Representantes apresentaram, nesta segunda-feira (13), seu projeto inicial de reforma fiscal que acabaria com os cortes introduzidos por Donald Trump ao aumentar impostos às grandes fortunas e empresas.

Este projeto deveria permitir arrecadar 3 trilhões de dólares para financiar parte do gigantesco plano de reformas sociais impulsionado pelo presidente Joe Biden, por 3,5 trilhões de dólares.

Segundo o projeto publicado pela comissão encarregada de questões fiscais na Câmara de Representantes (Ways & Means), controlada pelos democratas, a taxa de imposição para os americanos de maiores rendas passaria de 37% para 39,6%.

O imposto à renda empresarial, que alcançará empresas com mais de 5 milhões de dólares de renda anual, passaria de 21% para 26,5%.

Esses níveis são inferiores aos previstos pelo presidente Joe Biden para as empresas em seu projeto de reforma fiscal (28%).

As negociações continuarão entre os democratas nas próximas semanas em busca de um consenso. Os republicanos se opõem a aumentos de impostos.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.