Deputado de Joinville poderá depor na CPI da Covid no Senado

O requerimento apresentado é do Senador Marcos Rogério (DEMOCRATAS) de Rondônia. Agora o Deputado Sargento Lima (PSL) será convocado para participar da CPI dos Respiradores no Senado Federal, em mais um momento onde dezenas de pessoas já passaram pelos questionamentos.

Há cerca de cinco meses a Comissão Parlamentar de Inquérito foi instalada, já prorrogada e expectativa é de um relatório final no começo de novembro, dia 5.

Deputado Sargento Lima (PSL) convocado na CPI da Covid. – Foto: Divulgação/Agência Alesc/ND

Para o deputado, a convocação nada mais é que um orgulho para ele e para Santa Catarina, já que o parlamentar pretende apontar todos os resultados obtidos com a CPI dos Respiradores aqui na Assembleia Legislativa.

Durante, a CPI na Alesc, Sargento Lima foi o presidente dos trabalhos que levaram meses e teve seu relatório final em agosto do ano passado. As apurações foram em relação a compra dos 200 respiradores artificiais pelo governo do Estado por R$ 33 milhões com pagamento antecipado e sem garantias. Na época, o relatório foi aprovado por unanimidade.

Lima disse estar pronto para levar até a agora CPI no Senado todas informações relevantes. Isso porque ele disse que o que aconteceu no nosso estado teve situações parecidas e outras localidades. “Percebemos que as quadrilhas estavam espalhadas pelo país e extorquiram dinheiros dos cofre públicos, muitas vezes com a conivência dos governadores e servidores”.

O requerimento será colocado em votação para, se aprovado ter uma data definida. O deputado já deixou claro, não faltará ou ficará em silêncio, mas sim, quer apresentar o máximo possível sobre o que foi apurado pelos membros da CPI do Respiradores em Santa Catarina e o uso dos recursos públicos durante a pandemia.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.