Dois meses depois, modelo que acusou Renan Santos, do MBL, de tentativa de estupro se retratou

Renan Santos do MBL
Renan Santos do MBL. Foto: Reprodução/YouTube

A modelo que acusou Renan Santos, do MBL, de tentativa de estupro se retratou das acusações. Ela fez novo boletim de ocorrência, dois meses depois, em agosto, negando os fatos narrados no primeiro.

Nesse BO, explica que teria sido orientada por um parente a denunciar Renan. A suposta vítima teria afirmado que não chegou a ler o primeiro Boletim com a devida atenção, o que a teria feito cometer equívocos. A modelo ainda garantiu que seguia, na ocasião do novo registro, com o relacionamento afetivo com Renan Santos e que não houve qualquer lesão.

Leia mais

1 – MBL tem mais semelhanças do que diferenças com o bolsonarismo

2 – “Bolsonaro sai humilhado de golpe fracassado em semana caótica”, diz Le Monde

3 – Como o 11 de setembro abriu caminho para a futura eleição do papa Francisco

Ainda no boletim, ela garante que não quer representar contra Renan Santos. Questionada pela autoridade policial, a suposta vítima afirma que não possui nenhum tipo de transtorno, como dissera anteriormente. Nem de ordem psicológica e nem de ordem psiquiátrica.

Com isso, segundo a assessoria do MBL, não houve representação contra Renan Santos e o caso foi encerrado.

Cópia do Boletim de Ocorrência
Novo BO lavrado pela modelo – Foto: Divulgação
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.