Edi Rock, Linn da Quebrada e Ney Matogrosso dão vozes a novos e antigos versos de música do Clube da Esquina


Lançada há 50 anos, a canção ‘Nada será como antes’ ganha rimas de rap na gravação feita pelo trio para a segunda temporada da série ‘Segunda chamada’, atração do Globoplay. ♪ Uma das canções de resistência que firmaram a ideologia do Clube da Esquina, Nada será como antes completa 50 anos em 2021 e ganha três novas vozes, além de versos cantados na prosódia do rap.
Apresentada em 1971 em gravação de Joyce Moreno, seguida por registro fonográfico feito por Elis Regina (1945 – 1982) naquele mesmo ano de 1971, a canção de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos pode ser ouvida nas vozes de Edi Rock, Linn da Quebrada e Ney Matogrosso a partir desta sexta-feira, 10 de setembro, em single editado pela gravadora Som Livre.
O single Nada será como antes apresenta a gravação feita pelo trio para ser tema de abertura da segunda temporada da série Segunda chamada. Inédita, essa segunda temporada entra hoje em catálogo na plataforma Globoplay.
Capa do single ‘Nada será como antes’, de Edi Rock, Linn da Quebrada e Ney Matogrosso
Divulgação
Nessa nova gravação, feita com produção musical de Tejo Damasceno, a canção Nada será como antes ganhou rimas típicas do universo do hip hop, feitas e gravadas por Edi Rock (um dos membros fundadores do grupo Racionais MC’s) e Linn da Quebrada. Já os versos originais da letra do poeta fluminense Ronaldo Bastos ficaram a cargo de Ney Matogrosso.
Os versos novos inserem a música em contexto mais atual. Enquanto Edi Rock versa sobre novas chances, exaltando os corres necessários na vida cotidiana para alcançar os sonhos, Linn da Quebrada – que atuou como atriz na primeira temporada da série Segunda chamada, dando voz e corpo à travesti Natasha – rima sobre a necessidade de seguir em frente, mesmo que o alcance dos objetivos pareça distante.
Quase nada é como antes na atual versão da cinquentenária música do Clube da Esquina.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.