“Ela já mandou traficante me bater”, diz ex-marido de Amanda Ferrari

O divórcio de Amanda Ferrari e Gunavingre de Souza deu origem a uma guerra de versões e a um amontoado de declarações polêmicas em redes sociais. Incomodado com as denúncias feitas pela ex-mulher, Guna tem usado o Instagram para se defender e, também, atacá-la. Em entrevista à coluna, o empresário se mostrou particularmente incomodado com o fato de Amanda ter revelado ter uma medida protetiva contra ele, obtida por meio da Lei Maria da Penha. “Eu nunca fui preso! Porque não tem fundamento. Um dia eu fui na delegacia, a própria delegada falou assim: ‘Sai dessa mulher, irmão. Porque você vai acabar morrendo de raiva, porque aí tem mentira’”, conta.

Quando a coluna conta que Amanda diz ter 18 boletins de ocorrência registrados contra ele, o ex-marido se mostra exaltado. E, mais uma vez, rebate, e parte para o ataque: “Boletim de ocorrência todo mundo faz, a delegacia tá aí pra servir ao cidadão. Quero ver se vai dar pé. Não dá pé, sabe por que que não dá pé? Porque não tem fundament

o! Falar qualquer um fala. Entendeu? Agora, eu tenho provas. Eu tenho e ela sabe disso. Tá entendendo? E eu não precisei ser amante de ninguém pra chegar em lugar nenhum, cara, tá entendendo? Não precisei dar pra ninguém! Agora… Essa vadia aí tá se achando! Vamos ver então quem aguenta. Eu tenho meus meios… Eu faço doer e sangrar dentro da alma!”.


0

Gunavingre afirma que a ex já agiu com violência durante a longa crise protagonizada pelo ex-casal: “Ela já mandou traficante me bater, ela já mandou os primos dela me baterem, ela mandou sobrinho me bater! Só que eu botei tudo pra correr, são fracos! E outra, se eu tivesse que ir na polícia fazer boletim de ocorrência, eu tinha ido fazer B.O., porque ela correu atrás de mim de faca, é doida”, acusa o empresário.

Conforme a coluna revelou nesta quinta-feira (9/9), a cantora gospel Amanda Ferrari vive uma disputa infernal com o ex-marido, Gunavingre de Souza. Ela acusa o ex, que também foi seu empresário, de torrar o patrimônio construído durante a carreira na música, mas Guna refuta as acusações: “Onde ela enfiou o dinheiro? Não sei, porque era pra conta dela que ia, não era pra minha, tá entendendo? Eu puxo os extratos da conta bancária. Eu puxo o extrato e mostro pra vocês. Eu não tenho medo! Doa a quem doer, mano, doa a quem doer. Eu não devo nada pra ninguém, não tenho rabo preso com ninguém, tá entendendo? Principalmente com Amanda. E principalmente com a polícia”, diz.

O post “Ela já mandou traficante me bater”, diz ex-marido de Amanda Ferrari apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.