Em Brasília, Temer foi duas vezes ao Planalto e encontrou Ibaneis

A passagem do ex-presidente Michel Temer (MDB) por Brasília nessa quinta-feira (9/9) incluiu duas idas ao Palácio do Planalto e encontro com autoridades do Distrito Federal.

Temer chegou à capital federal por volta das 11 horas. A viagem foi feita em um avião da FAB enviado a mando do presidente Jair Bolsonaro para buscar o antecessor.

Ao chegar, o ex-presidente foi direto ao Planalto pela primeira vez. Ali, teve uma conversa inicial com Bolsonaro, seguida de um almoço no gabinete presidencial.

Nessa primeira conversa, o emedebista entregou a Bolsonaro a minuta da “declaração à nação”, para que o atual presidente desse seus toques no texto.

Após o almoço, o emedebista deixou o Planalto e foi ao escritório do atual ministro da Casa Civil do Distrito Federal, Gustavo do Vale Rocha, que foi ministro do governo Temer.

De lá, Temer e Rocha seguiram até o Palácio do Buruti, sede do governo do DF, para uma “visita de cortesia” ao governador Ibaneis Rocha (MDB).

Por volta das 15 horas, o ex-presidente retornou ao Planalto, quando Bolsonaro e seus ministros finalizaram o texto da declaração, divulgada no site oficial da Presidência por volta das 16h30.

Foi nessa segunda visita que Temer intermediou a conversa por telefone entre o atual presidente e o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), antecipada pela coluna.

Do Planalto, Temer foi direto para o aeroporto, de onde embarcou de volta para São Paulo. Na capital paulista, o ex-presidente terminou à noite em um evento no Clube Monte Líbano.

O post Em Brasília, Temer foi duas vezes ao Planalto e encontrou Ibaneis apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.