Embarcações são aprendidas com cerca de meia tonelada de piaba, em Óbidos


Pesca da espécie é permitida, mas nesse caso o animal estava no tamanho inadequado. Prática da pesca em arrastão foi constatada. Pescado com tamanho inadequado foi apreendido em Óbidos
Ascom PMO/Divulgação
Duas embarcações pesqueiras, itens como redes de pesca 7mm e aproximadamente meia tonelada de pescado da espécie piaba foram aprendidas na manhã desta quinta-feira (9) em Óbidos, no oeste do Pará.
A apreensão foi realizada pela equipe de fiscalização ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). O flagrante foi possível graças a denúncia de moradores de uma comunidade próxima à sede do município, que relataram a prática da pesca predatória com uso de redes do tipo arrastão.
Embarcações foram abordadas após denúncias de moradores de comunidade
Ascom PMO/Divulgação
Após a denúncia, foi realizada a abordagem às duas embarcações vindas do Amazonas que traziam a carga sem nota de transporte de pescado e com material fora do padrão exigido pela Instrução Normativa n° 43/2004 do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).
Segundo a Semma, deve ser lavrado um termo de apreensão das geleiras, e os proprietários devem responder a procedimentos administrativos e multa por descumprimento da legislação ambiental.
A Vigilância Sanitária do município foi acionada para verificar qual a destinação correta do pescado, caso ele esteja em condições para consumo.
VÍDEOS: Mais vistos do G1 Santarém e Região
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.