• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

    AGÊNCIA JF | Social - Repositório

Sindicato anuncia paralisação dos ônibus em Florianópolis, mas volta atrás e apaga publicação

Foi publicado, nesta terça-feira (21), no aplicativo ‘DizAí’ do Sintraturb (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Urbano e Rodoviário, Turismo, Fretamento e Escolar de passageiros) da Grande Florianópolis, um comunicado anunciando a paralisação dos ônibus do transporte público na madrugada de quarta-feira (22).

Paralisação dos ônibus foi anunciada em aplicativo e apagada posteriormente

Sintraturb anunciou paralisação dos ônibus em Florianópolis, mas voltou atrás e apagou publicação – Foto: Reprodução/

A publicação em questão informava que uma paralisação seria realizada entre 4h e 7h desta quarta. “Muito custa aos trabalhadores afetar os serviços aos usuários do transporte coletivo, todavia, a morosidade e indefinição tanto dos empresários quanto dos poderes públicos municipal  e estadual não deixaram outra alternativa”, dizia o comunicado.

A publicação também informava que a decisão teria sido tomada por não ter havido “resposta satisfatória aos anseios da categoria dos trabalhadores nos transportes coletivos da Grande Florianópolis, decorrido o prazo legal de 72 horas”.

Quando questionado pelo ND Mais sobre o anúncio, o sindicato deletou a publicação do aplicativo e afirmou que a informação “não procede”.

Quando o ND Mais entrou em contato com o Sintraturb para confirmar a grave, o sindicato deletou a publicação do aplicativo e afirmou que a informação “não procede”. A reportagem solicitou informações sobre a possibilidade de ocorrer uma paralisação, mas não houve resposta até a última atualização desta matéria.

Paralisação dos ônibus foi anunciada em aplicativo do sindicato – Foto: Reprodução/DizAí/ND

O Setuf (Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros da Grande Florianópolis) emitiu uma nota, nesta terça-feira (21), informando que as negociações com o sindicato dos trabalhadores do transporte coletivo estão em andamento, e que as empresas são contrárias a qualquer paralisação que traga prejuízo aos usuários.

Trabalhadores entraram em estado de greve antes de anunciar paralisação dos ônibus

Os trabalhadores do transporte público da Grande Florianópolis entraram, na última quinta-feira (16), em estado de greve — isto é, um período que antecede a greve, para comunicar ao poder público e ao lado patronal de que poderia haver paralisação do transporte a qualquer momento, após um período de 72 horas. Esse prazo expirou na madrugada de segunda (20) para terça (21).

A decisão foi tomada em primeira assembleia, após a categoria rejeitar a proposta apresentada pelo lado patronal e do poder público.

As reivindicações dos trabalhadores são referentes aos salários e melhores condições de trabalho, tendo em vista que na pandemia foram demitidos dezenas de cobradores de ônibus.

A categoria também está reivindicando o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano (3,49%), 4,83% referente às perdas da pandemia e 5% de aumento real no salário.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.