• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

‘Pior time do mundo’ tem mais vitórias que a Seleção Brasileira em 2023

A moral da Seleção Brasileira está “no chão”. Até mesmo o Íbis, considerado o “pior time do mundo”, aproveitou para tirar uma onda com a equipe de Fernando Diniz.

Escudo do Íbis, considerado o

Íbis tirou onda com a Seleção Brasileira – Foto: Reprodução/Internet/ND

Em publicação nas redes sociais, o clube afirmou que tem mais vitórias que o Brasil em 2023. O que não deixa de ser verdade.

O “pior time do mundo” venceu sete jogos nesta temporada. Já a Seleção Brasileira venceu apenas três.

É bem verdade que o Íbis entrou em campo mais vezes. Foram 23 jogos na atual temporada. Já o Brasil, entre amistosos e Eliminatórias, jogou nove.

Contudo, é bom ressaltar que em termos de aproveitamento, o da Seleção foi melhor: 37% contra 30,4%.

Internet ‘quebra’ com publicação do Íbis

A publicação do Íbis no Twitter logo viralizou e alcançou mais de 900 mil visualizações.

Os internautas acabaram “brincando” com a situação, lembrando que a equipe normalmente se “orgulhava” de ser a pior.

Íbis é considerado o “pior time do mundo” em tom de brincadeira – Foto: Reprodução/Internet/ND

“Vergonha! Esse não é o Ibis de verade. A Seleção Brasileira está fazendo o papel do Íbis agora”, brincou um torcedor. “Isso é uma vergonha para o Íbis”, escreveu um segundo.

Seleção Brasileira colecionou vexames em 2023

O ano de 2023 da Seleção Brasileira foi um verdadeiro pesadelo. Dois técnicos interinos, derrotas vexatórias e quebra de recordes negativos.

Em junho, goleada sofrida para Senegal em amistoso (4 a 2). Nas Eliminatórias, empate em casa com a Venezuela, além de três derrotas seguidas (algo que nunca havia acontecido).

Jogador da Seleção Brasileira, Gabriel Jesus é marcado por De Paul, da Argentina, em jogo no Maracanã

Brasil perdeu para a Argentina em pleno Maracanã – Foto: Staff Images/CBF/ND

Para piorar, na última terça-feira (21) o Brasil perdeu pela primeira vez na história como mandante nas Eliminatórias. Derrota por 1 a 0 para a Argentina em pleno Maracanã lotado.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.