• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

    AGÊNCIA JF | Social - Repositório

Operação Choque de Ordem: estratégia de segurança surpreende no Natal de Florianópolis

À medida que as festividades de fim de ano se aproximam, as ruas de Florianópolis se enchem de vida. Moradores e turistas vão ao centro da cidade, seja para comprar os presentes de Natal, participar de eventos ou simplesmente passear. Por outro lado, nesta época do ano geralmente aumenta os índices de criminalidade, afirma a Guarda Municipal.

 

Foto mostra Guarda Municipal durante operação Choque de Ordem prendendo uma mulher furtando perfume.

Guarda Municipal durante operação Choque de Ordem prende mulher furtando perfume nesta quinta-feira (23) – Foto: Léo Munhoz/ND

Um incidente que ocorreu ontem à tarde ilustra essa realidade. Uma mulher foi flagrada pelas câmeras de segurança de uma loja na rua Trajano furtando um perfume. Alan Brasil, o segurança do estabelecimento, viu o ato ilícito e correu para detê-la: “Geralmente tenho que segurar o suspeito até a polícia vir. Às vezes eles pegam as coisas e saem correndo. Mas dessa vez foi bem mais prático, eu chamei a polícia e eles já estavam aqui perto, já abordaram e prenderam a mulher”.

Foto mostra o segurança de uma loja no centro de Florianópolis após ajudar a prender a suspeita

Alan Brasil, segurança de uma loja no Centro de Florianópolis, após ajudar a prender a suspeita – Foto: Léo Munhoz/ND

Além do perfume, foi encontrado um tênis roubado dentro da bolsa da suspeita. A polícia também confirmou que a mulher possuía antecedentes criminais. Edna Souza, que trabalha vendendo Trimania na mesma rua, viu a cena acontecer e elogiou a ação: A Guarda Municipal está de parabéns. Foi uma ação muito rápida e conseguiram pegar a pessoa”.

Estratégia da operação Choque de Ordem

Esta ocorrência faz parte da operação Choque de Ordem, que desde segunda-feira (20) já realizou 10 prisões em flagrante. A operação, uma iniciativa da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Segurança e Ordem Pública, visa reforçar a segurança e prevenir atividades ilícitas durante os eventos natalinos, conforme explica o coronel Araújo Gomes, secretário de Segurança.

A estratégia elaborada pelas autoridades consiste em aumentar o número de efetivos na região central da cidade, local que possui um intenso fluxo de pessoas e atividades comerciais. As ações incluem abordagens a indivíduos, visitas a estabelecimentos comerciais e rondas constantes, a fim de garantir a proteção dos moradores, trabalhadores e visitantes.

Foto mostra a operação Choque de Ordem realizado ronda na rua Felipe Schmidt nesta quinta-feira (23)

Operação Choque de Ordem realiza ronda na rua Felipe Schmidt nesta quinta-feira (23) – Foto: Léo Munhoz/ND

“Nosso objetivo é restabelecer a sensação de segurança, para que todos se sintam bem de vir ao centro, fazer suas compras e desfrutar de todos os eventos de Natal que estão sendo oferecidos pela Prefeitura.”, disse Gomes.

Edna Souza expressou seu desejo por uma presença policial mais constante: “Eu acho que deveria ter isso o ano inteiro. Não só nessa época de Natal. A roubalheira aqui tá demais. Tu vê eles roubando e não pode fazer nada porque eles ameaçam a gente. Quantas vezes já mostraram a faca pra nós. A gente que trabalha aqui tem medo”.

Foto de Edna Souza, vendedora de Trimania na rua Trajano

Edna Souza, vendedora de Trimania na rua Trajano – Foto: Léo Munhoz/ND

Diagnóstico da segurança em Florianópolis

O secretário Gomes explica que a operação Choque de Ordem foi planejada após um diagnóstico detalhado das condições de segurança da cidade: “Nós detectamos um aumento da sensação de insegurança, problemas envolvendo pessoas em situação de rua, questões de iluminação pública e baixa frequência de pedestres em alguns lugares”.

Para mitigar esses problemas, a Guarda Municipal realizará patrulhas e rondas com as viaturas, garantindo uma resposta rápida a qualquer tipo de ocorrência:“Vamos controlar a apropriação de espaços públicos por pessoas em situação de rua. E também vamos estar mais próximos para responder a possíveis incidentes. Quando a pessoa precisar de socorro, haverá um guarda municipal perto”, explicou Gomes.

Simone Freire de Liz, moradora local que fazia compras na Felipe Schmidt, compartilha seu alívio com a operação: “Eu acho ótimo, porque a gente se sente mais segura. Há pouco tempo morreu um estudante com uma facada, isso no centro da cidade, e a gente fica com medo. Mas se eu vejo a Guarda, eu fico mais tranquila”, contou a moradora Simone Freire de Liz, que fazia compras na Felipe Schmidt.

Foto de Simone Freire de Liz, moradora de Florianópolis

Simone Freire de Liz, moradora de Florianópolis – Foto: Léo Munhoz/ND

Inicialmente, a operação Choque de Ordem se concentrará no Centro de Florianópolis, local estratégico devido ao intenso fluxo de pessoas e atividades comerciais. “Só no terminal central passam mais de 200 mil pessoas, quase metade da população de Florianópolis, por isso é nosso principal foco”, ressalta Gomes. Posteriormente, com os resultados positivos no Centro, a operação poderá se estender para outras áreas da cidade, incluindo outros bairros e o continente.

Em 2023, Florianópolis foi reconhecida como a capital mais segura do Brasil pelo ranking My Side, baseado em dados do Ministério da Saúde e do Censo 2022 do IBGE. A operação Choque de Ordem visa manter esse status, proporcionando uma temporada de festas segura e tranquila para todos, disse o secretário. A administração municipal enfatiza que, em caso de dúvidas ou denúncias, os cidadãos podem ligar para o telefone 153 da Guarda Municipal.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.