• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

    Social - Repositório

VÍDEOS: 10 famílias saem de casa após grande deslizamento de terra em Agrolândia

Com o passar dos dias, muitas cidades do Alto Vale do Itajaí ainda descobrem o tamanho da devastação deixada pela enchente histórica que castigou a região na semana passada. Em Agrolândia, dez famílias foram obrigadas a sair de casa após um deslizamento de grandes proporções oferecer risco às suas moradias. Por sorte, nenhuma foi atingida.

Deslizamento registrado na semana passada só foi percebido na área rural de Agrolândia nesta quinta-feira (23) – Foto: Ketlin Garcia da Silva Fachi/Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

Segundo a chefe da Defesa Civil de Agrolândia, Ketlin Garcia da Silva Fachi, só foi possível ter uma noção do que aconteceu após um sobrevoo feito pelo helicóptero Arcanjo-01, do Corpo de Bombeiros Militar de Florianópolis, que está na região, a pedido da prefeitura local.

“Esse é um dos deslizamentos que aconteceu em nossa cidade. A gente auxiliou o pessoal a saírem das suas casas, porque está essa situação, mas não houve vítima. Esse deslizamento é na localidade de Rio Trombudo, acesso à Serra Velha, próxima à empresa Agropel”, descreve Ketlin.


Defesa Civil de Agrolândia informou que deslizamento ocorreu na semana passada, mas só foi possível chegar ao local nesta quinta-feira (24) – Vídeo: Ketlin Garcia da Silva Fachi/Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

Segundo a prefeitura de Agrolândia, a maioria das pessoas que tiveram problemas com a enchente buscou abrigo também na casa de familiares e amigos, a exemplo de outras cidades. Havia somente cinco famílias em um abrigo disponibilizado pela prefeitura.

Defesa Civil de Agrolândia informou que deslizamento ocorreu na semana passada, mas só foi possível chegar ao local nesta quinta-feira (24) – Vídeo: Ketlin Garcia da Silva Fachi/Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

Deslizamentos ameaça estrutura de casas que ficam abaixo da encosta

Ainda há comunidades isoladas no pequeno município do Alto Vale, que também decretou estado de calamidade pública. Apenas neste deslizamento, na comunidade Rio Trombudo, as dez famílias que saíram de casa já se abrigaram na moradia de familiares.

Defesa Civil de Agrolândia informou que deslizamento ocorreu na semana passada, mas só foi possível chegar ao local nesta quinta-feira (24) – Vídeo: Ketlin Garcia da Silva Fachi/Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

Após o ponto onde houve o fato, existe uma localidade chamada Serra dos Alves, onde ainda existem famílias isoladas.

“Esse deslizamento aconteceu entre sexta (17), sábado (18) e domingo (19). Ainda tem localidades sem acesso, essa ali é uma delas (…) e a gente só conseguiu esse acesso via aeronave, apoio do CBM (Corpo de Bombeiros Militar)”, descreve a responsável pela Defesa Civil de Agrolândia.

No decorrer desta sexta-feira (24), as equipes da Defesa Civil local esperam restabelecer o acesso à comunidade da Serra dos Alves e verificar se é necessário também retirar as famílias daquele local, com o uso de aeronaves.

Na área urbana da cidade, a cheia do rio Trombudo, que também corta o município, deixou um rastro de destruição assustador. Duas pontes, uma mais próxima do Centro e outra em um bairro mais afastado, que dá acesso a uma empresa, tiveram as cabeceiras arrancadas.

Pontes foram arrancadas pela força das águas do rio Trombudo, na semana passada - Ketlin Garcia da Silva Fachi/Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

1
3

Pontes foram arrancadas pela força das águas do rio Trombudo, na semana passada – Ketlin Garcia da Silva Fachi/Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

Prefeito de Agrolândia acompanha integrante do Exército Brasileiro em estrada

2
3

Prefeito de Agrolândia acompanha integrante do Exército Brasileiro em estrada “varrida” pela força do rio na região, no decorrer desta quinta (23) – Ketlin Garcia da Silva Fachi/Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

Pontes foram arrancadas pela força das águas do rio Trombudo, na semana passada - Ketlin Garcia da Silva Fachi/Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

3
3

Pontes foram arrancadas pela força das águas do rio Trombudo, na semana passada – Ketlin Garcia da Silva Fachi/Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

Nas redes sociais, o município também realiza uma campanha para arrecadação de donativos. A rede pública de saúde acabou alterando seus atendimentos pois acabou sofrendo problemas por falta de energia elétrica. As salas de vacinação tiveram seus atendimentos suspensos.

Agrolândia precisa de doações após rastro de destruição deixado pela enchente da semana passada - Prefeitura de Agrolândia/Divulgação/ND

1
2

Agrolândia precisa de doações após rastro de destruição deixado pela enchente da semana passada – Prefeitura de Agrolândia/Divulgação/ND

Agrolândia precisa de doações após rastro de destruição deixado pela enchente da semana passada - Prefeitura de Agrolândia/Divulgação/ND

2
2

Agrolândia precisa de doações após rastro de destruição deixado pela enchente da semana passada – Prefeitura de Agrolândia/Divulgação/ND

Na rede pública municipal de educação, as creches e unidades de Ensino Fundamental voltaram a atender no decorrer desta semana em regime de plantão, apenas com atividades recreativas. Na rede pública Estadual de ensino, as aulas seguem suspensas, segundo a Defesa Civil de Agrolândia.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.