• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

    Social - Repositório

Homem acusado de usar cobra venenosa como arma para matar esposa e filha é preso

Um homem, de 25 anos, foi preso pela polícia na Índia após ser acusado de usar uma cobra venenosa como arma do crime para morder a esposa Basanti Patra e sua filha Debasmita, de 2 anos, na noite de 6 de outubro. K Ganesh Patra soltou a cobra e fechou as portas.

O inspetor da delegacia de polícia de Kabisuryanagar, Pravat Sahu, relatou a situação. A autópsia da mulher e filha confirmou que a morte ocorreu devido à picada de cobra. As informações são do site Hisdustimes.

Cobra venenosa foi entregue em uma jarra de plástico ao homem acusado de matar esposa e filha

Cobra venenosa foi entregue em uma jarra de plástico ao homem acusado de matar esposa e filha – Foto: Pexels

Conversas para conseguir cobra venenosa

Após a investigação, a polícia descobriu que houve conversas de Patra com vários encantadores de serpentes antes do incidente para conseguir uma cobra venenosa.

“Por volta das 5h45, ele começou a gritar que sua esposa e filha haviam morrido devido a uma picada de cobra. Embora a autópsia da mulher e da filha tenha confirmado a morte devido à picada de cobra, seu pai achou que havia algo errado em todo o incidente e solicitou à polícia que investigasse mais a fundo. Após o incidente, o oficial de investigação examinou os detalhes da ligação do acusado e descobriu que ele teve várias conversas com encantadores de serpentes antes do incidente. No dia 26 de setembro, Patra ganhou um cartão SIM em nome de seu pai e, a partir desse cartão SIM, chamou vários encantadores de cobras para conseguir uma cobra venenosa. Ele alegou que precisava da cobra para fins de adoração no templo do Senhor Shiva”.

Cobra venenosa foi usada em vingança de marido contra a esposa na Índia

Cobra venenosa foi usada em vingança de marido contra a esposa na Índia – Foto: Pixabay

No dia 6 de outubro, o encantador de serpentes Basanta Acharya conseguiu uma cobra que resgatou de uma casa e a entregou a Patra em uma jarra de plástico.

Motivo para o crime

Segundo a polícia, o acusado queria se vingar de sua esposa, pois havia apresentado um caso de tortura contra ele por dote há um ano.

“Depois do casamento em 2020, os dois permaneceram felizes e tiveram uma filha. Mas rapidamente começou a discórdia conjugal entre o casal e foi aberto um processo contra o acusado em Outubro de 2022 ao abrigo da secção 498A (que trata do marido ou parente do marido de uma mulher que a submete à crueldade) do IPC”.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.