Escola de Urussanga une agricultura e empreendedorismo através de uva

Uma iniciativa voltada ao ensino infantil que visa ensinar sobre o cultivo e o comércio da uva Goethe está chamando atenção na cidade de Urussanga, no Sul de Santa Catarina. O projeto, realizado no colégio estadual Barão do Rio Branco, enfatiza a tradição do município, que é conhecido pela produção de vinhos.

Alunos mantém tradição da cidade através da uva – Foto: SED/Divulgação/ND

Chamada “Barão Sustentável”, a ação começou em 2019, quando a escola recebeu uma doação de duas mudas de uva Goethe da Epagri, de Urussanga. As mudas foram plantadas em agosto do mesmo ano, no pátio da escola, e logo começaram a brotar.

Contudo, naquele ano, as videiras brotaram, mas não produziram uvas. Já em 2021, a Associação de Pais e Professores da escola comprou mais oito mudas para ampliar o projeto. Agora, os estudantes conseguem aprender sobre o cultivo  na prática.

“Os estudantes foram orientados sobre o tipo de solo mais adequado para o plantio, sobre as questões químicas envolvendo as frutas e o solo. Falamos também sobre as adaptações ecológicas da planta em nossa região”, conta a professora de Biologia e Ciências, Sabrina Zanin, principal mentora do projeto.

Empreendedorismo

O projeto também conta com uma pitada de empreendedorismo. Além de ensinar sobre o valor da agricultura, é possível instruir os alunos sobre o comércio da fruta, através de uma feira empreendedora organizada pela escola, onde os estudantes vendem produtos feitos por eles mesmos.

No próximo ano, a professora Sabrina Zanin pretende colher as uvas e ensinar os alunos a fazer uma geleia com a fruta. A intenção é fazer com que esse e outros produtos feitos a partir da uva Goethe, cultivada pelos estudantes, possa ser comercializada por eles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.