Essencial do DCM: Bolsonaro aparece destruído em live após carta com Temer arregando pro STF

Bolsonaro aparece destruído em live após carta com Temer arregando pro STF – Thumb/DCM

Bolsonaro é o assunto. AO VIVO. Kiko Nogueira analisa as principais notícias e conversa com o cientista político Rudá Ricci.

Leia também

1- O que Lira disse sobre nota de recuo de presidente

2- Como Flavio justificou recuo do pai

Bolsonaro em live

O presidente Bolsonaro prosseguiu recuando em relação aos ataques que promoveu contra o STF. Na live, ele falou que “alguns se irritam” com a nova posição dele. O chefe do Executivo também voltou a falar do voto impresso.

Ele explicou o motivo de ter recuado após atacar o STF. Ele confirmou que ligou para o ex-presidente Michel Temer e disse que está pronto para conversar com a Corte. No fim, comentou que quer “fazer a coisa certa”.

O chefe do Executivo também demonstrou insatisfação pela cobertura da Globo sobre os atos antidemocráticos. Ele se mostrou satisfeito com o trabalho da rádio Jovem Pan.

Bolsonaro assumiu que a inflação no Brasil está descontrolada. Segundo o presidente, isso é culpa do aumento de pessoas que passaram “a comer mais”. Ele declarou que a população ficou mais gorda na pandemia e por isso os preços cresceram.

O presidente voltou a defender o voto impresso. O posicionamento dele aconteceu no mesmo dia em que recuou após atacar o STF. Ele questionou qual o problema de defender este tipo de sistema eleitoral.

Bolsonaro atacou Rodrigo Maia. Ele insinuou que o ex-presidente da Câmara passou a defender a causa LGBTQIA+ após se aproximar de Dória. Zombando, afirmou que o deputado licenciado quer “agradar seu patrão”.

Após fugir em 2018, Bolsonaro falou sobre os debates de 2022. Caso não seja cassado ou sofra o impeachment até lá, ele poderá participar. O presidente afirmou que não tem gente nova no páreo. Inclusive, aproveitou para alfinetar João Dória, governador de São Paulo.

Confira a live do DCM abaixo:

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.