Essencial do DCM: Ciro comemora loucamente pesquisa em que aparece empatado com Lula no ato do MBL

Ciro Gomes
Ciro Gomes com MBL na Paulista. Foto: Reprodução/Twitter

Ciro Gomes e MBL são assuntos. AO VIVO. Kiko Nogueira e Pedro Zambarda fazem o giro de notícias. Entrevista com Luiz Thunderbird e Vinícius Segalla.

LEIA MAIS:

1 – Bolsonaro está decidido a barrar renovação da concessão da Globo

2 – “Não, senhor! Algemado o presidente não embarca”: trecho da biografia de Lula é liberado pela editora

REPORTAGEM DO DCM SOBRE MBL

Reportagem exclusiva do DCM: Em um boletim de ocorrência aberto na 78º DP no bairro dos Jardins, em São Paulo, Mario Fortes, ex-diretor do Movimento Brasil Livre (MBL), acusa três integrantes do movimento hoje de lesão corporal e furto de celular (que depois foi devolvido).

De acordo com trechos do documento enviados ao DCM, Mario foi a um bar na região da Avenida Paulista com um amigo. No local, eles perceberam a presença do fundador do MBL, Renan Santos e de alguns outros integrantes. O estabelecimento fechou e todas as pessoas foram para outro bar.

Segundo o ex-MBL, Amanda afirmou que seria a última vez que ela daria esse tipo de “ordem”, acompanhada por Vitor Hugo Liasch Siqueira, que trabalhou como assessor no gabinete de Fernando Holiday. Percebendo a situação, Mario diz que começou a filmar com seu smartphone. Naquele momento, Arthur Alves Scarance, teria furtador o celular e “saiu correndo”.

Mario relata que a tentativa de recuperar o aparelho resultou em agressões físicas, a ponto dele cair no chão sangrando. Ele não foi socorrido por ninguém do MBL.

Amanda mandou a versão dela dos acontecimentos ao DCM:

Desta vez, Mario continuou nos perseguindo depois do ato, entrando no mesmo bar que a gente. Conversei e disse que estava preocupada com ele nos seguindo, mas de nada adiantou, tivemos que ir para outro bar, onde ele também nos perseguiu.

Intimidada e com medo, comecei a discutir com Mario pedindo para parar de nos seguir, foi quando ele começou a gritar e discutir. Meus amigos, por minha proteção, me levaram pra dentro do bar. Após isso, não vi o que aconteceu”.

VEJA O ESSENCIAL

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.