EUA elogia formação de um novo governo no Líbano e clama por reformas ‘urgentes’

Os Estados Unidos elogiaram nesta sexta-feira (10) a formação de um novo governo no Líbano, após uma espera de 13 meses, e pediram que a administração libanesa tome “ações urgentes” para reformar a deteriorada economia do país.

“Os Estados Unidos dão as boas-vindas ao anúncio de que os líderes do Líbano concordaram em formar um novo governo sob a liderança do primeiro-ministro indicado Najib Mikati, oferecendo esperança de que uma ação urgente seja tomada para atender às necessidades graves e aspirações legítimas do povo libanês”, declarou o porta-voz do Departamento de Estado americano, Ned Price.

“Instamos a rápida aprovação do Parlamento para que este novo governo possa trabalhar em reformas concretas para lidar com a deterioração da situação econômica no Líbano,” acrescentou.

O Líbano anunciou um novo governo nesta sexta-feira após 13 meses de intermináveis negociações políticas, o que agravou uma crise econômica sem precedentes que mergulhou milhões de pessoas na pobreza.

A formação de um novo governo foi condição para obter a ajuda internacional de que o país necessita com urgência, mas resta saber se será capaz de realizar as reformas necessárias e salvar o Líbano da falência.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.