Evento-teste no Maracanã: veja o que o torcedor precisa apresentar para entrar e esquemas especiais do metrô e do estádio


Vacinação e teste negativo para Covid estão entre as obrigatoriedades impostas pela Prefeitura do Rio. Estádio do Maracanã
Thiago Ribeiro/Agif/Estadão Conteúdo
O jogo do dia 15 entre Flamengo e Grêmio no Maracanã é considerado um evento-teste pela Prefeitura do Rio. Ao todo, são esperadas 24 mil pessoas no estádio, que anunciou esquema especial para receber o público, assim como o Metrô.
O torcedor precisará apresentar para entrar no Maracanã:
Comprovante de vacinação digital, obtido através do ConecteSUS; também vale a caderneta física de vacinação
O comprovante de resultado negativo (não reagente) de Covid, realizado nos laboratórios credenciados, dentro de um prazo de 48h antes da partida.
Na chegada ao estádio, o torcedor deverá estar com máscara facial e será permitida a entrada de recipientes com álcool em gel 70% (até 100 ml).
O torcedor que já tiver idade para ter sido vacinado com as duas doses só poderá entrar no estádio caso comprove que está completamente imunizado. Se tiver idade apenas para a primeira dose, a comprovação também precisa ser feita pelo aplicativo do ConecteSUS ou a carteirinha física.
Conecte SUS
Reprodução
Inicialmente, a previsão da Prefeitura era de que apenas torcedores completamente imunizados tivessem acesso ao estádio.
A liberação para a presença de flamenguistas no Maracanã foi feita pela SMS, que atendeu a um pedido do clube e autorizou, também, para os jogos nos dias 19 e 22 de setembro.
Esquema do Metrô e do estádio
O Maracanã e o MetrôRio prepararam esquemas especiais de funcionamento para o evento-teste.
A administração do estádio afirma que, como já ocorre em jogos sem público, cabines e bancadas de imprensa, trajeto dos jogadores, vestiários, bancos de reservas, túnel de acesso ao campo, delegacia, Juizado Especial Criminal (Jecrim), sala de equipes de segurança, banheiros e zona mista serão descontaminados.
Além disso, totens com álcool em gel foram espalhados estrategicamente nas dependências do estádio, o mesmo acontecendo com lixeiras sinalizadas para dispensa de máscaras descartáveis, segundo o Maracanã.
“Foram adotados vários protocolos para garantir a todos aqueles que estiverem trabalhando ou assistindo ao jogo desta quarta o máximo de segurança dentro e fora do estádio. Haverá orientação clara e visível de como os torcedores serão direcionados aos seus assentos”, escreveu o estádio em seu Twitter.
Ja o MetrôRio vai ampliar a oferta de trens aos clientes durante a chegada ao estádio e dispersão do público por 45 minutos após o término do jogo. A concessionária também vai estender o horário de embarque de passageiros nas estações Maracanã e São Cristóvão até 0h15. Haverá ainda reforço do efetivo de segurança e de atendentes, em todo o período, principalmente nas estações próximas ao estádio.
As demais estações do sistema funcionarão normalmente, das 5h à meia-noite. Porém, depois desse horário, ficarão abertas apenas para desembarque e dispersão do público. A transferência entre as linhas 1 e 2 será feita nas estações do trecho compartilhado (entre Botafogo e Central). O Metrô na Superfície também terá seu funcionamento normal.
Estações indicadas
Os acessos do estádio do Maracanã serão abertos três horas antes do jogo. Por isso, o MetrôRio recomenda que os torcedores se programem e antecipem a chegada ao local. É importante ainda verificar qual é a estação mais próxima de cada setor do estádio.
Quem tem ingressos para acesso nos portões A, B e C (Oeste e Sul) deve desembarcar na estação Maracanã (Linha 2). Já para quem tem bilhetes para o portão D, E e F (Leste e Norte), o MetrôRio indica que o desembarque seja feito na estação São Cristóvão (Linha 2).
A concessionária recomenda ainda que os clientes comprem e recarreguem seus cartões de passagem Giro, unitário do MetrôRio ou o RioCard com antecedência, priorizando também comprar a volta antecipada, facilitando a entrada no sistema. Os passageiros podem ainda inserir créditos no Giro pelo site giro.metrorio.com.br/ ou no aplicativo Giro MetrôRio, além de usar o pagamento por aproximação, presente nos cartões de crédito e débito Visa e Mastercard ou dispositivos como celulares, relógios e pulseiras, com a tecnologia NFC.
Os clientes também podem usar seus cartões Visa e Elo em carteiras digitais como Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay, além do Pic Pay, para pagamento da tarifa por aproximação.
LEIA TAMBÉM:
Prefeitura do Rio vai liberar volta gradual de público no Maracanã a partir de 15 de setembro
Paes diz que hoje é possível ‘fazer qualquer evento’ no Rio; prefeito teme entorno do Maracanã na volta de torcedores
‘O protocolo do Flamengo é ótimo’, diz secretário de Saúde sobre torcedores de volta ao Maracanã
Foto de Arquivo: Maracanã
REUTERS/Ricardo Moraes
Especialistas criticam a medida e a consideram prematura
O prefeito Eduardo Paes falou sobre o assunto logo depois de se vacinar, na quinta-feira (9), e disse que “acredita no especialista que ele contratou”, referindo-se ao secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.
Soranz também defendeu os eventos-teste e ressaltou que o protocolo define medidas de segurança que precisam ser cumpridas.
As interdições no entorno do estádio estão programadas para começar três horas antes do início da partida, às 21h.
O Flamengo será o responsável por conferir as informações apresentadas pelos torcedores nas 6 entradas do estádio e precisará disponibilizar os dados aos agentes da Secretaria Municipal de Saúde(SME), que vão fiscalizar e avaliar o cumprimento dos protocolos de segurança para evitar contaminação pelo coronavírus.
Homens da Secretaria de Ordem Pública(SEOP) também vão atuar no entorno do estádio para impedir a presença de comércio ilegal e de estacionamentos irregulares. Além disso, os agentes vão fiscalizar bares e restaurantes da região com o objetivo de garantir que os estabelecimentos funcionem dentro das regras de distanciamento impostas pela prefeitura.
A CET-Rio também vai ordenar o trânsito na região, já que o planejamento começa em horário de rush. A prefeitura deve recomendar ao público que for ao Maracanã que priorize o transporte público, como trens e metrô.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.