Gasolina e gás de cozinha: veja onde estão mais baratos em Joinville

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Joinville divulgou nesta sexta-feira (10/9) duas pesquisas superimportantes para o consumidor economizar: preços de combustíveis e de gás de cozinha.

botijão a gás

Gás de cozinha – Foto: Marcelo Casall/Agência Brasil/Divulgação ND

Os levantamentos são para auxiliar consumidores na busca dos produtos que chegaram, inclusive, a faltar essa semana por conta da paralisação dos caminhoneiros. Alguns postos de combustíveis, aliás, aumentaram o preço e foram notificados.

“Recebemos muitas ligações e denúncias aqui no Procon nesses últimos dias. Hoje (sexta-feira, dia 9), fomos em 98 postos da cidade e apenas dois não haviam recebido combustível, mas logo em seguida foram abastecidos. A situação está se normalizando em Joinville”, afirma a gerente do Procon, Cristiane Berger.

Ela alerta que os consumidores devem usar as pesquisas como ferramenta para economizar.

“Consulte as pesquisas e faça valer seus direitos. O consumidor precisa entender que ele tem o poder, se ele for no posto que cobra mais barato, os que estão mais caros vão precisar rever a estratégia. Nós vivemos uma economia de livre mercado, então a oferta e demanda são indicativos que influenciam no preço”, explica Cristiane.

posto de combustível

Abastecimento de combustível nos postos foi prejudicado com a paralisação – Foto: Carlos Jr./ND

Etanol foi o que mais aumentou

Todos os combustíveis aumentaram de preço em relação ao mês passado. Mas o campeão foi o etanol, 6,20% mais caro. O litro da gasolina comum subiu 3,02%; a gasolina aditivada teve aumento de 2,92% e o diesel ficou 2,52% mais caro.

O litro da gasolina comum foi encontrado por R$ 5,58; o mais barato e por R$ 5,89 o mais caro e o preço médio ficou em R$ 5,72.

A economia que o consumidor pode ter abastecendo o tanque de 50 litros com o menor preço chega a R$ 15,55 com gasolina comum; R$ 24,95 com a gasolina aditivada; R$ 83,85 no caso do diesel e R$ 45,00 para quem abastece com etanol.

A pesquisa do Procon de Joinville traz a relação de todos os postos, com endereços, bandeiras e preços praticados e pode ser acessada no site da prefeitura (bit.ly/pesquisacombustiveljlle).

Confira abaixo, se preferir:

Gás de cozinha aumentou quase 8% em relação ao mês de agosto

O Procon também pesquisou e divulgou nesta sexta-feira (10/9) a pesquisa dos preços do gás de cozinha de 13kg, vendido no balcão e para entrega, em todas as regiões de Joinville.

Foto: Dirceu Portugal/Fotoarena/Folhapress

O menor preço é R$ 100 e o mais caro, R$115, uma variação de 15%. Já o produto para entrega sai por R$ 105 o mais barato e R$130 o mais caro, diferença de preço chega a 23,81%.

Em comparação com o mês passado, o gás de cozinha teve um aumento de 7,96% em Joinville. Confira o levantamento completo no site (bit.ly/pesquisagasjlle).

Confira abaixo, se preferir:

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.