Gêmeos são condenados por assassinato de homem com cinco tiros na cabeça em Criciúma

Dois homens, irmãos gêmeos, foram condenados pelo assassinato de Ubiratan de Jesus de Franco de Castro, 53 anos. A vítima foi encontrada dentro da própria casa com cinco tiros na cabeça.

A condenação ocorreu em sessão do Tribunal do júri realizada nesta quinta-feira (9) no fórum da comarca de Criciúma.

Irmãos gêmeos foram condenados a 12 e 9 anos de prisão em Júri realizado nesta quinta-feira (9) no Fórum de Criciúma- Foto: Fernanda de Mamam/ND

O crime ocorreu no dia 19 de novembro de 2018 no bairro Santa Luzia, em Criciúma.  A investigação foi realizada pela DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa) da DIC (Divisão de Investigação Cricminal) de Criciúma.

Durante os trabalhos foi possível identificar os autores do disparo. Os irmãos, na época com 18 anos, alegaram que cometeram o assassinato porque a vítima seria um ‘estuprador’. Eles disseram que ele supostamente teria tentando molestá-los quando tinham doze anos.

Os irmãos foram presos preventivamente pela DIC ainda em novembro de 2018. O autor dos disparos de arma fogo foi condenado a 12 anos de prisão. Já o irmão dele foi condenado a 9 anos de prisão já que dirigia o veículo em que eles chegaram e fugiram da casa.

A decisão cabe recurso ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.