Guedes admite que crise de Bolsonaro pode prejudicar economia

Nesta sexta-feira (10), o ministro da Economia, Paulo Guedes, admitiu para investidores estrangeiros que a crise institucional, alimentada pelo presidente Jair Bolsonaro, pode prejudicar a economia do país.

+ Inflação está agora no pior momento, mas deve fechar ano ao redor de 7,5%-8%, diz Guedes

“Todo esse barulho sobre instituições e democracia pode afetar nossa bem posicionada economia, no sentido de que estamos prontos para avançar novamente? Minha resposta é que isso pode produzir muito barulho, desacelerar o crescimento”, disse o ministro em conversa com o banco Credit Suisse.

O ministro afirmou ainda que o presidente pode ter passado dos limites em palavras, mas não em ações. Para ele, a nota do presidente colocou “tudo de volta aos trilhos”. As declarações do ministro foram dadas após questionamentos de investidores sobre o comportamento de Bolsonaro.

O post Guedes admite que crise de Bolsonaro pode prejudicar economia apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.