Guia: tudo o que você precisa saber sobre a fase de grupos da Champions

Chegou a hora das maiores estrelas do futebol europeu lutarem pelo título mais cobiçado entre clubes. Nesta terça-feira (14/9), a Champions League volta à cena com a primeira rodada da fase de grupos. Até dezembro, 32 equipes lutam pelo sonho de levantar a famosa orelhuda, como é conhecido o troféu do torneio.

Com muito chão até lá, vamos fazer um resumo do que cada grupo poderá apresentar de melhor. Reencontros históricos, duelo dos mega-ricos, retorno de ídolo ao ex-clube e muitas outras histórias que devem apimentar os confrontos nesta primeira fase.

Vamos ver o que nos aguarda na trilha até São Petesburgo, na Rússia, palco da grande final.

Grupo A

Logo de cara, um dos grupos que devem apresentar dois dos jogos mais aguardados. Com Manchester City, Paris Saint-Germain, RB Leipzieg e o Brugge. City e PSG farão os confrontos dos dois clubes mais ricos no momento na Europa.

Depois de um vice-campeonato e uma queda na semi, justamente para a equipe inglesa, a equipe de Paris investiu pesado na janela. Entre os reforços, Messi salta como a peça que falta para a sonhada conquista.

A equipe inglesa, no entanto, preferiu apostar em Grealish como camisa 10. Vindo de um vice-campeonato para o Chelsea na última temporada, o time de Manchester terá que se superar caso queira o  título.

O duelo entre o galáctico PSG contra os comandados de Guardiola marca ainda o reencontro do Lionel Messi com o treinador espanhol. Juntos os dois fizeram história pelo Barcelona conquistando uma série de títulos. A expectativa é de que as duas equipes lutem de maneira intensa pela liderança do grupo.

RB Leipzieg e Brugge dificilmente vão alterar a ordem de forças e não devem passar de fase. As duas equipes devem travar um duelo à parte para ver quem fica com a vaga na Liga Europa, dada ao 3º colocado de cada grupo.

Grupo B

Um grupo com quatro gigantes que vivem momentos distintos. Liverpool, Atlético de Madrid, Milan e Porto devem fazer uma primeira fase de tirar o fôlego. Isso porque, praticamente todos os confrontos serão do mais alto nível.

O destaque para este grupo está no confronto entre Liverpool e Milan, que já decidiram duas Champions, nas temporadas de 2004/05 e 2006/07. No primeiro embate a taça acabou ficando com os Reds, enquanto no segundo encontro, o título foi Rossonero.

Vale lembrar que neste duelo, não falta tradição, já que a equipe italiana já faturou a Champions em 7 ocasiões, enquanto os ingleses foram campeões em 6 edições.

O Porto tem duas taças, enquanto o Altético segue na busca de sua primeira conquista na competição. A luta pelas vagas tende a ficar com o time espanhol e com o Liverpool, mas a disputa está completamente aberta. É cada um por si.

Grupo C

Se engana quem acha que este grupo terá apenas jogos sem muita importância. De fato, Borussia Dortmund, Ajax. Besikitas e Sporting não figuram entre os principais candidatos ao título, no entanto, essa poderá ser a chance de ver um jogador mudar completamente de patamar.

Mostrando progresso a cada temporada, Erling Haaland pode aproveitar essa primeira fase sem nenhum “bicho-papão” pela frente para disparar na artilharia do torneio.

No embate entre equipes, Ajax e Borussia podem fazer um jogo interessante para seus torcedores.

Grupo D

Neste grupo, um encontro de velhos conhecidos. Isso porque, na última temporada, Real Madrid, Inter de Milão e  Shakhtar Donetsk se encontraram na fase de grupos e, quis o destino, que as equipes se reencontrassem também nesta edição. No último ano, o Borussia Mönchengladbach completava o grupo, desta vez, o estreante Sheriff, da Moldávia, completa a lista.

Com a bola rolando, Real Madrid e Inter devem fazer o grande jogo. Na última temporada, no entanto, o Shakhtar surpreendeu ao bater na equipe merengue nos dois confrontos. Os ucranianos acabaram indo para a Europa League, já os italianos decepcionaram e terminaram na 4ª colocação.

O Real entra como favorito por conta da tradição. No entanto, as oscilações da equipe espanhola colocam em dúvida em que condições a classificação virá. Shakhtar e Inter devem duelar pela 2ª vaga, enquanto o modesto Sheriff escreverá mais um capítulo em sua história a cada partida.

Grupo E

Outro grupo que marcará reencontros, mas esse, não tão agradável para um dos lados. Barcelona, Bayern de Munique, Benfica e Dínamo de Kíev. E sim, um ano e meio depois do massacre do 8 x 2, teremos outro Barcelona e Bayern.

Do lado do Barça, muitas coisas mudaram. Além de perder seu principal astro, Messi, o clube não tem mais peças como Griezmann, Suárez entre outros. Agora, nomes como Memphis Depay, Ansu Fati, Sergio Agüero e Pedri são os que dão ao torcedor uma esperança de mudança.

Só que do lado da equipe da baviera, pouco mudou da equipe que foi campeã naquela edição e que protagonizou a fatídica goleada. A mudança mais notável está na dupla de zaga. Jerôme Boateng partiu rumo ao Lyon, enquanto Alaba agora defende as cores do Real.

Dificilmente teremos algo semelhante ao que ocorreu naquele dia. O momento do Bayern segue melhor, enquanto o clube catalão segue tentando se remontar diante dos impactos. Só com a bola rolando para sabermos o que irá acontecer.

Grupo F

De volta ao Manchester United, Cristiano Ronaldo quer reassumir o protagonismo e apresentar as grandes exibições na Champions League. O português quer ganhar a 2ª taça vestindo a camisa do time inglês, mas para isso, terá que passar pelo Villareal, Atalanta e o Young Boys.

A equipe espanhola foi justamente quem tirou o título da Europa League das mãos dos Red Devils na última temporada. Reforçada com CR7, Varane e Sancho, a equipe de Manchester vem como candidata ao título depois de muito tempo num papel coadjuvante dentro da competição.

Desde Cristiano deixou a equipe lá em 2009, o clube nunca mais conseguiu emplacar grandes campanhas. Na última edição sequer avançou para as oitavas de final. Robozão conseguiu se manter em alta com a camisa do Real Madrid, sendo campeão do torneio em outras quatro oportunidades. No entanto, com a camisa da Juventus, não chegou sequer à uma semifinal.

O time ainda tem nomes como Pogba, Bruno Fernandes e Rashford para seguirem rumo ao título.

Grupo G

Em um outro grupo muito equilibrado, Lille, Wolsfburg, Sevilla e RB Leipzieg montam uma chave onde qualquer ordem será compreensível. Pelo fator camisa, o Sevilla sai na frente das demais equipes, mas seu desempenho nas últimas edições não animam tanto o torcedor.

Na temporada passada, a equipe espanhola acabou sendo eliminada nas oitavas de final da competição para o Borussia Dortmund. Se classificar para a segunda fase parece não ser o grande desafio.

Depois de quebrar a hegemonia do PSG no campeonato francês, o Lille chega com moral para a disputa. Uma possível briga pela 1ª colocação do grupo não parece algo difícil de ocorrrer.

Grupo H

Fechando a fase de grupos, temos o atual campeão Chelsea, Juventus, Zenit e Malmo.

Dono do título, os Blues trouxeram de volta o atacante belga Romelu Lukaku. O time que já garantiu o troféu na última temporada agora conta com um dos melhores jogadores em atividade na Europa. A equipe de Thomas Tuchel tem motivos de sobra para acreditar que pode sim garantir o bi e a 3ª Champions da história do clube.

Frustrada por não ter conseguido conquistar nada com Cristiano Ronaldo, a Juve ainda tenta se reencontrar após a saída do astro português. E é bom a Velha Senhora abrir o olho, pois vem acumulando decepções e se mostra propensa a perder para times de menor expressão. Zenit e Malmo podem dar trabalho para a equipe italiana.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

 

O post Guia: tudo o que você precisa saber sobre a fase de grupos da Champions apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.