Homem assassinado dentro de carro foi morto por marido de ex-ficante em São José, diz Polícia Civil


Caso ocorreu em fevereiro deste ano. Marido, com quem a mulher havia reatado a relação, agiu após investidas de ex-ficante. Ele se passou por ela em mensagem e armou uma emboscada. Passageiro assassinado em corrida de aplicativo foi morto por marido de ex-ficante, diz Polícia Civil
Arthur Costa/ TV Vanguarda
Uma investigação da Polícia Civil concluiu que o homem morto dentro de um carro com um tiro na cabeça, em fevereiro na zona sul de São José dos Campos (SP), foi assassinado pelo marido de uma ex-ficante.
Segundo a investigação, o marido ficou separado da esposa em 2016 e, enquanto estiveram nesse período, ela se envolveu com um colega de trabalho. Eles retomaram o casamento e a vítima seguiu insistindo em manter contato com a mulher.
O marido então usou o celular da esposa, como se fosse ela, para marcar um encontro com o ex-ficante. Na emboscada, ele identificou que o homem estava no banco do passageiro e saiu de um carro no qual estava escondido e atirou contra a vítima.
Após o tiro, o motorista acelerou e parou próximo a uma praça no bairro, onde tentou pedir ajuda para a vítima ferida, mas o homem não resistiu. Em depoimento, o condutor disse que trabalha fazendo corridas por aplicativo, que era amigo da vítima e no momento do crime não estava trabalhando. Ele não se feriu.
O autor do disparo confessou e disse à Polícia Civil disse que atirou de forma aleatória e deixou o local sem saber se tinha ou não atingido alguém.Ele disse ainda que jogou o revólver 38 em uma área de mata.
Ele foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio, mas conseguiu na Justiça o direito de responder em liberdade pelo crime.
Homem assassinado dentro de carro foi morto por marido de ex-ficante, diz Polícia Civil
Divulgação/ Polícia Civil
Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região
i
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.