Ibaneis inaugura Cras no Recanto das Emas: “Suporte básico”

O governador Ibaneis Rocha (MDB) inaugurou um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) na Praça do Cidadão, localizada na Quadra 113, lote 9, do Recanto das Emas. A entrega foi feita na manhã deste sábado (11/9).

É o segundo Cras da cidade, que tem uma das maiores demandas por serviços socioassistenciais no DF. Nos próximos dias, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) divulgará o redirecionamento de onde as pessoas serão atendidas, levando-se em consideração o endereço residencial delas.

“A população do Distrito Federal cresceu muito e a última abertura de Cras que houve no DF foi em 2014, quando a população era de 2,4 milhões. Hoje, nós passamos de 3,2 milhões e acrescido a isso nós temos um empobrecimento da população muito grande e nós temos que cuidar das pessoas mais carentes”, disse o chefe do Executivo local.

“O Cras é a porta de entrada dessa população e nós queremos ampliar cada vez mais, não só com as estruturas físicas, mas também com a contratação dos concursados da Sedes, para que a gente possa ter um atendimento cada vez melhor da população carente do DF”, afirmou o governador.

A equipe do Cras Recanto das Emas II vai ser composta por assistentes sociais, psicólogo, agentes sociais e técnico administrativo, além de um gerente.

“O número de servidores diminuiu, com o passar do tempo, alguns se aposentaram, outros faleceram, e a pandemia trouxe esse aumento significativo [de pessoas em situação de vulnerabilidade] somado também ao número de população que cresceu. Esse Cras que está sendo inaugurado aqui não vem só para fazer o Cadastro Único, como muita gente pensa. Vai dar todo o suporte para as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade, vai fazer os encaminhamentos para a rede pública de saúde e ensino, identificar necessidades de documentação, dar todo o suporte básico, todas as diretrizes para essa população em situação de vulnerabilidade”, pontuou a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

O Recanto das Emas é responsável pela terceira maior demanda da população para atendimento na assistência social do DF, atrás apenas de Samambaia Sul e P Sul, em Ceilândia.

“Nesse primeiro semestre nós atendemos quase 7 mil famílias no outro Cras [do Recanto das Emas]. Esse Cras vem para dar suprimento a uma média de 12 mil pessoas que estão procurando Cras aqui na região. Então, certamente a gente tem um cálculo de aproximadamente 900 pessoas sendo atendidas por mês”, informou Mayara Noronha.

Ibaneis ainda comentou, na ocasião, que o governo local irá ampliar a quantidade de restaurantes comunitários no DF. “Vamos seguir nessa linha, atendendo os mais carentes. Fizemos isso quando reduzimos para R$ 1 o valor da comida nos restaurantes comunitários. Agora, não renovação dos contratos, estamos incluindo o café da manhã a R$ 0,50 para a população carente e vamos seguir expandindo os restaurantes comunitários para as cidades que ainda não têm e para aquelas em que a população se adensou muito, para que a gente possa dar condições de sobrevivência para a população carente do Distrito Federal”, declarou.

O post Ibaneis inaugura Cras no Recanto das Emas: “Suporte básico” apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.