Incêndio atinge Serra de São José, que corta cidades históricas de Minas

O fogo começou no domingo (5) numa fazenda na beira da rodovia de acesso à cidade de Prados. As chamas se espalharam rapidamente e chegaram à serra que corta cidades como Tiradentes e São João del Rei. Incêndio atinge região da Serra de São José, em Minas Gerais
Um incêndio está atingindo a Serra de São José, que corta cidades históricas de Minas.
O fogo começou no domingo (5) numa fazenda na beira da rodovia de acesso à cidade de Prados, região central de Minas Gerais. As chamas se espalharam rapidamente e chegaram à Serra de São José, que corta Tiradentes e São João Del Rei. Do outro lado do paredão, a vegetação numa unidade de conservação vai sendo consumida pelo fogo.
O incêndio ganhou força com o passar dos dias, e mais bombeiros tiveram que ser acionados. As chamas se espalharam em áreas de difícil acesso, onde só dá para chegar com aeronaves. Aviões estão sendo usados para combater o fogo.
São quatro aviões com capacidade para lançar 2 mil litros de água. Parte da equipe, de mais de 20 bombeiros e 30 brigadistas do Instituto Estadual de Florestas, foi levada de helicóptero para o alto da serra. Eles usam abafadores e mochilas de água, e enfrentam o calor, as chamas altas e muita fumaça.
O fogo já destruiu uma área correspondente a 800 campos de futebol, segundo os bombeiros. É o maior incêndio na região nos últimos dez anos.
As queimadas se intensificam em Minas Gerais. Em quatro dias no feriadão de 7 de setembro, foram 738 ocorrências de fogo em vegetação no estado.
“Como é a época do ano mais crítica, diversas partes do estado estão sofrendo devido aos incêndios florestais. Inclusive, neste ano de 2021, a estatística nossa já ultrapassou a média dos demais anos”, diz o tenente Lucas Costa, do Batalhão Emergências Ambientais do Corpo de Bombeiros.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.