Jovem baleada em confusão que deixou jogador do Goiás ferido acredita que eles foram baleados por engano


Segundo o clube, meia levou dois tiros, já recebeu alta e passa bem. Nas redes sociais, garota contou que, apesar do susto, também não sofreu ferimentos graves; Polícia Civil investiga o caso. Confusão que aconteceu antes de jogador do Goiás ser baleado em Goiás, Goiânia
Reprodução
A jovem que foi baleada durante uma confusão que também deixou ferido o jogador do Goiás, Henrique Lordelo, acredita que os dois foram baleados por engano. O meia levou dois tiros, já recebeu alta e passa bem, conforme informou a assessoria de imprensa do clube. Em um vídeo publicado em uma rede social, a garota também afirmou que se recupera bem.
“Quando estávamos indo embora a gente entrou na rua onde estava acontecendo a briga. Acredito que eles confundiram a gente, achou que erámos os caras que estavam armados ou os que estavam brigando com eles e aí eles começaram a atirar na gente”, afirmou a garota.
Os dois foram baleados depois de saírem de uma boate com amigos, na madrugada deste sábado (11), em Goiânia. Conforme o Goiás, o atleta, que foi atingido por dois tiros de raspão, estava acompanhado de um amigo, que teria tentando separar uma briga que envolvia o atirador, quando foi atingido pelos os disparos.
Carro onde estava jovem baleada em confusão que também deixou jogador do Goiás ferido em Goiânia, Goiás
Reprodução/Instagram
Um vídeo que circula nas redes sociais mostra quando pelo menos quatro jovens trocam chutes e socos na esquina da casa noturna, que fica no Setor Marista, bairro nobre da capital. Algumas mulheres gritam e tentam separá-los, mas não conseguem. Um deles chega a cair no chão. O Goiás afirmou que Henrique Lordelo não aparece nas imagens. Segundo o clube, o jogador não estava envolvido diretamente na briga e foi baleado posteriormente.
Na postagem feita pela jovem baleada, ela explica que os dois foram baleados quando estavam dentro do carro tentando fugir da situação. Em uma foto postada por ele é possível ver que o veículo ficou com marcas de tiros e sangue espalhado pelo o carro. Em nota, a Polícia Civil informou que investiga o caso, mas não deu mais detalhes.
Henrique Lordelo no clássico entre Goiás e Vila, pelo Goianão 2021
Douglas Schinatto/O Popular
Veja outras notícias da região em G1 Goiás.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.